Um homem acabou sendo preso nesta segunda-feira (29), após se envolver com a morte de um policial militar.

Um assalto foi realizado em uma farmácia no bairro do Planalto, localizado na zona oeste de Natal. O elemento envolvido foi identificado como Lucas Felipe da Silva Barbosa, de 20 anos, que foi preso no Hospital Walfredo Gurgel, após dar entrada por ter um ferimento de tiro na parte da cabeça. Os policiais foram até o hospital e constataram que o elemento havia participado no crime.

Ele afirmou que recebeu uma ligação de alguns amigos perguntando se ele queria participar de um assalto.

Como ele estava sem dinheiro, o elemento acabou aceitando a proposta. O indivíduo afirmou que chegou na farmácia em um carro roubado, com mais dois homens para realizar o roubo, mas acabaram se surpreendendo com um homem armado no local, que sacou a arma e começou a fazer diversos disparos para cima dos assaltantes. ''Na hora que eu fui correr dos tiros, acabei sendo atingido por um tiro de raspão na cabeça. Em seguida, fugi do local, aonde peguei um táxi e fui direto para o hospital'', disse Lucas durante um depoimento em vídeo.

''Quando eu cheguei no Hospital para me tratar, alguns policiais militares compareceram no local e disseram que eu estava participando do assalto'', ressaltou o elemento. Ele também disse que escolheu a farmácia como alvo pois não havia outro estabelecimento próximo. Durante o confronto, um bandido e um policial acabaram morrendo. O terceiro assaltante conseguiu fugir.

Lucas relatou que estava no hospital sendo socorrido pelo médicos, quando entrou uma guarnição da Polícia militar e algemaram o elemento.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Em seguida, os policiais começaram a agredir o indivíduo com socos e pontapés. Logo após, o elemento foi medicado e levado para Central de Flagrantes. Ele não possuía passagens pela polícia.

Já na Central de flagrantes, ele foi ouvido e reclamou das agressões que sofreu dos policiais. Diante essas informações, a justiça encaminhou um processo para os policiais envolvidos no caso, aonde o Ministério Público irá investigar o caso. O assaltante machucado informou que só cometeu o assalto, pois não estava conseguindo emprego em lugar nenhum.

Lucas acabou sendo preso por participar do assalto e aguarda o julgamento. A polícia ainda está fazendo buscas para tentar localizar o indivíduo que fugiu. Até o fechamento dessa notícia, o envolvido não foi localizado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo