Já mostramos aqui neste portal de notícias, diversos casos envolvendo crimes sexuais contra crianças e adolescentes. Na maioria dos casos, o acusado é um parente ou amigo próximo à vítima, o que acaba criando revolta em populares, que acabam querendo fazer justiça com as próprias mãos, como no caso ocorrido nesta semana, quando um homem acabou sendo preso acusado de se relacionar com a própria sobrinha, de apenas 15 anos.

O acusado, de 25 anos, estuprou a menor e o caso acabou ganhando as redes sociais através de diversos meios de comunicação, levantando revolta em internautas que passaram a desejar capturar o acusado para fazê-lo pagar por seus atos criminosos.

Menina liga para o pai momentos antes de ser abusada sexualmente

O caso tem chamado muita atenção, principalmente pelo fato da vítima ter tentado se comunicar com o próprio pai, momentos antes de ser vítima do terrível crime sexual. Ela telefonou pai o pai e o comunicou sobre o que estava acontecendo sob o pedido de socorro. Ela enviou mensagens em um aplicativo de celular e o desespero, gravado em áudio, mostra o verdadeiro tormento.

“Socorro!”, grita adolescente de 15 anos, prestes a ser violentada pelo tio

Segundo informações do próprio pai da garota, que falou em entrevista a TV local, ele ficou chocado ao receber mensagens da filha pedindo socorro.

No áudio, a menina pedia por socorro, pois o tio estava prestes a estuprá-la. A mensagem chegou aos ouvidos do pai de maneira assustadora.

Ao receber o pedido de socorro, o pai decidiu ir às pressas até a casa onde a filha estava, porém, não conseguiu evitar que o crime sexual ocorresse. O acusado levou a vítima para o quarto que lutou com o tio. Ao chegar à residência, o pai acionou logo a presença da polícia para que seu irmão pudesse ser preso.

A polícia fez rondas no local afim de encontrá-lo, porém, somente alguns minutos isso foi possível, ao ser capturado em Vila São José. Em depoimento aos policiais, o acusado disse que estava fora de si e não conseguiu se controlar.

Homem que abusou a própria sobrinha pede perdão e diz que as drogas fizeram cometer tal ato

Ao ser abordado pelos policiais, o home já não reagiu, porém, alegou que as drogas era quem teria sido a culpada pela sua prática criminosa. Os policiais afirmaram que o homem não chegou a penetrar a vítima, porém, segundo a lei nacional, o mesmo acabou sendo autuado no crime de estupro.

Ele foi conduzido à delegacia da cidade, onde permanecerá à disposição da Justiça. Caso seja condenado, poderá pegar de 8 a 12 anos de prisão em regime fechado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo