Já mostramos aqui neste portal de notícias diversos casos envolvendo acidente domiciliares, que infelizmente terminaram de uma maneira trágica, ganhando a atenção de todo o país através dos meios de comunicação. Alguns ocorridos envolvem o uso de aparelhos eletrônicos, a exemplo de celulares, que estão ao alcance de grande parte das pessoas, principalmente jovens e adolescentes que os usam de modo descuidado, ocasionando consequências graves.

Neste último domingo (18), mais um caso ganhou repercussão nacional.

Publicidade
Publicidade

Desta vez, ocorreu na cidade de Riacho Frio, no estado do Piauí. A informação divulgada pelo site ‘G1’ afirma que uma garota de apenas 17 anos acabou sendo uma vítima fatal após receber uma descarga elétrica quando manuseava seu aparelho celular. Os detalhes de como tudo aconteceu tem levantado um verdadeiro alerta, pois o feito pela vítima, já é algo bastante comum entre a maioria das pessoas.

Jovem é encontrada caída ao chão com fones de ouvido derretidos após descarga elétrica

De acordo com familiares, quando a equipe médica foi socorrer a vítima, perceberam que a mesma teria tomado o choque enquanto fazia uso do celular com ele ainda conectado a tomada, o que se torna uma prática bastante perigosa, porém, muito utilizada.

Menina recebe socorro, mas não resiste a choque elétrico após fazer uso de celular conectado à tomada

No momento do ocorrido, o céu estava escuro e já aparecia alguns relâmpagos. Ao se depararem com a jovem ao chão, a família logo tratou de encaminhá-la a uma unidade de saúde. Lá, os profissionais fizeram todo o processo de reanimação, porém, a garota não resistiu e veio a óbito.

Segundo a equipe médica, a menina ainda foi levada para outra unidade de saúde, pois a família ainda tinha esperanças de que a mesma poderia estar viva, porém, nada mais pode ser feito.

Publicidade

Hospital anuncia morte de jovem, porém, investigação será iniciada

A diretora responsável do hospital, a qual a jovem deu entrada, comunicou reconhecer que quando a jovem deu entrada na casa de saúde, já estava sem sinais vitais. Foram realizados, no entanto, todos os procedimentos junto ao prontuário da mesma para que fosse possível reanimá-la.

Familiares informaram aos plantonistas que, de fato, a jovem havia apagado após receber a descarga elétrica, porém, uma equipe especializada ainda irá investigar para saber de fato quais as causas da morte da jovem.

Nas redes sociais, inúmeras pessoas lamentaram o ocorrido e fizeram centenas de compartilhamentos para que a situação pudesse servir de exemplo para as demais pessoas que, assim como a jovem, tem como costume usar o celular conectado à tomada.

Leia tudo