Um novo projeto de lei polêmico foi apresentado no Senado. O senador José Medeiros (Podemos-MT) apresentou um proposta para que os policiais possam matar pessoas que estiverem portando armamento de guerra, como um fuzil. O senador disse que os criminosos que portam um fuzil têm a intenção de planejar uma ''guerra''.

Para o projeto de lei ser aprovado, irá ter que passar por diversas votação no Senado.

“Precisamos deixar de ser inocente, pois os inimigos do Estado precisam ter seus direitos humanos revisados”, disse o senador. “O projeto de lei não autoriza matança indiscriminada, mas protege a sociedade dos bandidos que já declararam guerra a lei e a ordem”, declarou Medeiros

O projeto de lei está em tramitação. O Mato Grosso apresenta aumento no número de apreensões de armas de fogo de grande calibre. Os criminosos também aproveitam para cometer diversos roubos e assaltos portando um fuzil.

Repercussão da notícia nas redes sociais

Nas últimas horas, o assunto está sendo um dos mais comentados nas redes sociais. Algumas pessoas que tomaram conhecimento da proposta disseram ficar indignadas. Uma mulher afirmou que essa nãos seria a solução de amenizar a violência no país.

Por outro lado, algumas pessoas ficaram a favor. Um homem disse que essa lei seria fundamental para acabar com a violência que o país tem registrado nos últimos anos, além de evitar mortes de pessoas inocentes e até de policiais militares.

O caso está gerando um certo conflito, pois algumas pessoas se posicionam a favor ao projeto de lei, enquanto outras dizem ser contra.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Governo

Bandidos armados no Rio de Janeiro

Atualmente, o Rio de Janeiro é o estado com mais apreensões de fuzis nas comunidades dominadas pela criminalidade. Isso acontece porque o estado é cercado por comunidades que são dominadas pelo tráfico de drogas.

Semanalmente, operações policias são realizadas para tentar enfraquecer os criminosos que desfilam nas comunidades cariocas com armas de alto poder de destruição, algumas com poder de derrubar um helicóptero.

Criminosos derrubam helicóptero no Rio de Janeiro

No ano de 2016, um fato acabou ficando marcado na vida dos cariocas. Uma operação policial próximo à Cidade de Deus para tentar reprimir o tráfico de drogas e de armas, acabou resultando na queda de um helicóptero da polícia. A tragédia deixou quatro policiais mortos.

Alguns peritos informaram que o helicóptero caiu após ser atingido por diversos disparos de fuzis de alto poder de foto.

Na época, os bandidos comemoraram a ação através das redes sociais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo