Uma mulher foi presa e cinco homens morreram ao trocar tiros com a Polícia Militar no município de Guanambi, localizado a 796 quilômetros a sudoeste de Salvador, capital do estado da Bahia. O caso foi registrado na 19 passado.

Segundo informações repassadas pelos policiais, a PM realizou a operação após uma pessoa ligar anonimamente denunciando o caso para o Centro Integrado de Comunicações (Cicom), Segundo a denúncia, havia atividades criminosas em uma fazenda na zona rural da cidade. Diante disso, equipes do 17° Batalhão de Polícia Militar e da Companhia Independente de Policiamento Especializado se uniram para checar as informações.

Quando os PMs chegaram ao local informado, foram surpreendidos por dez pessoas que estavam na fazenda. No primeiro momento, os policiais envolvidos na operação anunciaram que o imóvel estava cercado, na tentativa dos elementos se entregarem, mas não foi isso o que aconteceu.

Segundos os policiais, os acusados reagiram e começaram a atirar na direção da equipe. Os PMs reagiram e iniciaram uma intensa troca de tiros. No término do confronto, cinco homens foram atingidos pelos disparos.

Ambulâncias médicas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceram ao local, mas o estado de saúde dos baleados era muitos grave.

Todos os cinco homens morreram no local. A Polícia Militar conseguiu prender uma mulher que estava na propriedade rural. Nenhum policial que participou da ação ficou ferido na troca de tiros.

O restante da quadrilha conseguiu empreender fuga do local. Uma patrulha foi realizada, mas o restante dos criminosos não foi identificado.

Na residência, a policia se surpreendeu com o armamento utilizado pela quadrilha.

Foram apreendidos um fuzil calibre 762, quatro espingardas, três revólveres, um simulacro de pistola, balança e porções de drogas. A mulher e todos os equipamentos foram levados para a delegacia de Guanambi para que o delegado responsável pudesse prosseguir com o caso.

A polícia não revelou a identidade da mulher e nem dos acusados que morreram na troca de tiros. Esse caso ainda está sendo investigado na tentativa de localizar o restante dos criminosos que fugiram.

Até o fechamento deste artigo, nenhuma informação nova foi apresentada sobre esse caso. A mulher presa foi encaminhada para uma penitenciária feminina da região. O grupo é suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas, homicídios e roubos a bancos.

Não perca a nossa página no Facebook!