A defesa de Danúbia de Souza Rangel, mulher de Antônio Francisco Bonfim Lopes (Nem), que é chefe do tráfico na Rocinha, solicitou que sua prisão ainda preventiva seja transferida para domiciliar. A solicitação é baseada no foi decidido pela segunda turma do Superior Tribunal Federal (STF), que concedeu às mulheres grávidas ou que tenham filhos até 12 anos de idade que possam converter a prisão preventiva em domiciliar,

A primeira-dama da Comunidade da Rocinha como é chamada, está presa no Complexo de Gericinó, na região da Zona Oeste do Rio de Janeiro, desde de outubro de 2017. Investigações realizadas pela polícia a apontam como a interlocutora do marido na Comunidade da Rocinha.

Estratégia da defesa

Foi argumentado pela defesa de Danúbia as condições do sistema penitenciário brasileiro e que isto poderia prejudicar a criança no futuro. Além de ela possuir residência fixa, a filha, por ser menor de idade, depende da presença da mãe na questão afetiva e financeira.

Os advogados citaram um caso bastante conhecido, o de Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, acusado de desviar milhões em verbas públicas e condenado em vários processos. A defesa não poupou elogios à medida que beneficiou Adriana Ancelmo e fez uso bastante apelativo no que diz respeito ao relacionamento entre mãe e filho.

Os advogados afirmam que crianças sem a presença da mãe seriam órfãs e não teriam a mesma atenção que necessitam.

Polêmica

O benefício que Adriana Ancelmo recebeu vem gerando muita polêmica em virtude da gravidade dos crimes de seu marido. As ações do ex-governador do Estado trouxeram tamanho estrago que o Rio ainda não se recuperou por completo.

Milhares de servidores tiveram seus salários atrasados, investimentos em áreas importantes, como saúde, transporte e educação, foram cortados, além da intervenção federal que foi aprovada pela Câmara e sancionada recentemente pelo presidente da República, Michel Temer. Estima-se que levará alguns anos ou talvez décadas para que o Rio se recupere por completo.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Michel Temer

Segundas intenções

Existem fortes rumores de que as medidas recentes do presidente Michel Temer visariam apenas uma reeleição nas urnas no mês de outubro. Tais ações seriam uma maneira de melhorar a imagem frente à população, já que o seu índice de rejeição supera os 70%, fazendo dele o presidente mais rejeitado história do país.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo