Um assaltante acabou apanhando de alguns populares após tentar realizar um assalto. O caso foi registrado na tarde desta última quinta-feira (29), no centro da cidade de Timon, localizado no Maranhão.

Segundo algumas informações sobre o caso, um indivíduo que não teve a identidade revelada entrou em um Banco com um simulacro de pistola, colocando medo em todos que estavam no local. Bastante nervoso, ele pediu para todas as pessoas que estavam no local entregarem todos os seus objetos de valores.

Publicidade
Publicidade

Um policial que passava no local percebeu uma movimentação estranha dentro do Banco e resolveu entrar para ver o que estava acontecendo.

O agente percebeu que um homem estava armado roubando todos os pertences das pessoas. Diante disso, ele puxou a arma e deu voz de prisão para o assaltante, que não resistiu e se entregou. Já dominado, algumas vítimas ficaram revoltadas e resolveram fazer justiça com as próprias mãos, espancando o assaltante com diversos socos e pontapés.

O policial tentava controlar a situação, mas era impedido pelas pessoas.

Uma viatura da Polícia Militar teve que comparecer ao local para acalmar os ânimos dos populares furiosos. Todas as pessoas que sofreram o assalto conseguiram recuperar o seus pertences. Como o assaltante estava bastante ferido, os policiais envolvidos na ocorrência levaram o indivíduo para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para que ele pudesse receber os atendimentos médicos necessários.

Publicidade

Após receber os atendimentos, o indivíduo foi levado para uma Delegacia da cidade, para que o delegado responsável pudesse prosseguir com as medidas necessárias. Até o fechamento dessa matéria, nenhuma informação nova foi apresentada sobre o caso. Ainda não se tem informações se outras pessoas davam apoio no assalto.

Não reaja um assalto

Alguns especialistas em segurança pública, sempre alertam a importância de não se reagir uma tentativa de assalto, mesmo que o indivíduo esteja portando uma arma falsa.

Se o bandido se sentir ameaçado com as agressões das vítimas, ele pode processar todas as pessoas envolvidas nas agressões.

A recomendação correta, seria ligar para a Central da Polícia Militar e relatar tudo o que está acontecendo, para que os policiais militares possam comparecer no local e efetuar a prisão do suspeito, sem que ninguém possa se machucar. Mesmo com essas dicas, muitas pessoas acabaram ficando revoltada e fazer justiça com as próprias mãos.

Publicidade

Leia tudo