Hoje, devido às políticas de inclusão, há muito mais pessoas com deficiência saindo e consumindo. Porém, fica a questão das opiniões e conceitos que algumas pessoas podem fazer ao ver a imagem de uma pessoa com deficiência em um lugar público, coisa que muitas vezes pode ser julgada de maneira errônea.

Há milhares de vídeos circulando nas redes sociais que mostram pessoas com deficiência em diversas atividades, desde no trabalho até no esporte. Os vídeos têm milhares de compartilhamentos e podem ser vistos na internet, onde os usuários se comovem por causa das limitações dessas pessoas.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Polícia

Acontece que muitos usuários com deficiência [VIDEO] não gostaram da atitude de uma mulher, que segundo o site do jornal carioca Extra, filmou um funcionário de uma rede de restaurante ajudando um deficiente a comer.

O vídeo foi registrado no sábado passado (7) na praça de alimentação do Norte Shopping, na cidade de Salvador, capital da Bahia.

As imagens mostram um homem com deficiência sendo ajudado por um funcionário da rede de restaurantes. O vídeo foi publicado no mesmo dia que foi gravado e já foi visto por cerca de 20 milhões de usuários da rede social Facebook.

Segundo consta, quem gravou o ocorrido foi uma mulher cujo o nome, segundo o Extra [VIDEO], é Laurinha Victória. Ela fez o relato em seu Facebook, dizendo que o cliente com deficiência pediu a ela que pegasse a comida no balcão quando o pedido tivesse pronto. Quando ela viu que a senha era do rapaz deficiente, se levantou para pegar o prato como fora combinado.

Porém, o funcionário Bruno de Oliveira Sarmento teve a iniciativa de levar o prato até a mesa do homem com deficiência.

Os melhores vídeos do dia

Em seguida, conta Laurinha, Bruno sentou ao lado do homem e ajudou-o a comer. A mulher ainda relata que teria se aproximado do rapaz e dito que isso é realmente a verdadeira caridade.

Vale lembrar que caridade tem um significado bastante específico como amor de Deus, amor ao próximo, benevolência, bom coração, compaixão ou esmola. Mesmo assim, caridade pode ser vista como esmola e nem todo mundo gostam de receber esse tipo de caridade. Outras pessoas céticas duvidam desse tipo de atitude.

O fato dessa caridade dividiu o segmento das pessoas com deficiência, onde vários internautas deficientes acham desnecessária a filmagem, outros acharam uma coisa rara e parabenizaram o funcionário. A questão foi que teve vários elogios e o vídeo teve milhões de visualizações.

Vejam o vídeo: