As tragédias familiares não escolhem dia, horário, local e nem a fé das pessoas envolvidas. Na madrugada deste sábado (21), uma dessas tragédias que criam com elas um monte de “porquês” atingiram uma família da cidade de Linhares, no Espírito Santo.

Dois garotos, Joaquim Alves Sales, de apenas três anos, e Kauan Salles Burkovsky, de seis, morreram carbonizados em seus quartos. Eles são filhos do casal de pastores Geroge Alves e Juliana Salles.

No momento do incêndio, por volta das 2h, os garotos eram monitorados por uma babá eletrônica, enquanto George estava em seu quarto.

Juliana estava em Minas Gerais com o filho mais novo do casal, participando de um Congresso na cidade de Teófilo Otoni.

De acordo com as informações preliminares, George ouviu os gritos dos filhos, tentou socorrê-los, mas não conseguiu. Em seguida, ele pediu ajuda aos vizinhos, que também tentaram. A porta do quarto estava encostada por causa do ar-condicionado e a maçaneta ficou muito quente devido à temperatura. A suspeita inicial é de que algum aparelho eletrônico possa ter causado o incêndio.

Filho mais novo escapou da tragédia por estar viajando com a mãe

Se não estivesse viajando com a mãe, Juliana, para Minas Gerais, onde a pastora participou de um congresso na cidade de Teófilo Otoni, o filho mais novo do casal, provavelmente, estaria dormindo no mesmo local que os irmãos. Certamente, ele teria sido a terceira vítima dessa tragédia que abalou o Espírito Santo.

Casal de pastores que perdeu dois filhos em incêndio recebe apoio nas redes sociais

George Alves e Juliana Salles são pastores da Igreja Batista Vida e Paz, no bairro de Interlagos, em Linhares, e receberam diversas mensagens de apoio nas redes sociais.

“Qual a mãe nesse momento que não tem seu coração doendo ao ver uma notícia dessa... muita força aos familiares e principalmente aos pais”, comentou uma internauta, em postagem feita pela página Site de Linhares.

“Que tristeza meu Deus, acordar e se deparar com uma notícia tão triste. A gente que tem filhos pode imaginar um pouco da dor desses pais, Deus conforte o coração desse pai e dessa mãe e de toda família nessa hora de tanta dor”, lamentou mais uma internauta.

“Estão nos braços de Deus. Deus precisou das crianças no céu por algum motivo, assim como precisou da minha filha”, comentou mais uma pessoa.

“Muita força aos familiares, aos pais, uma fatalidade que deixa quaisquer coração despedaçado, só Deus para dar o conforto”, postou outro internauta.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo