Um casal foi preso pela Polícia acusado de ter abusado sexualmente de uma adolescente de 16 anos. O crime foi registrado na cidade de Paulínia, interior de São Paulo. Segundo informações repassadas pelo delegado Rodrigo Galazzo, que está à frente das investigações, a mãe da vítima sabia dos abusos que a filha vinha sofrendo.

Porém, não relatou o caso para a polícia com medo de perder o companheiro, que é o acusado de violentar a enteada. Galazzo relata que a mulher não deixava a filha denunciar o crime.

Publicidade
Publicidade

A mulher era conivente com os abusos por "medo de perder o companheiro", afirmou o delegado.

Conforme informações, a vítima só teve coragem de procurar a polícia e denunciar o crime após ficar sabendo de outros casos de estupros que aconteceram recentemente na mesma cidade e resultaram na prisão dos agressores. Como o caso que uma menina de apenas 11 anos que era abusada sexualmente pelo pai um vigilante de 56 anos.

A vítima, cansada de ser abusado pelo pai, escreveu um bilhete para uma colega de escola em que revelava que ela e as irmãs sofriam abusos praticados por ele.

Casos de abuso sexual em Paulínia

O acusado de abusar da enteada foi preso assim que a polícia ficou sabendo do caso.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

De acordo com o delegado, a vítima relatou que vinha sendo abusado pelo padrasto desde que tinha 13 anos.

Galazzo disse que o casal foi preso temporariamente por 30 dias nessa quarta-feira (16) e indiciado pelo crime de abuso de vulnerável. O delegado que irá solicitar a preventiva do casal.

Conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a cidade de Paulínia tem cerca de 103 mil habitantes. Nos últimos três meses, o município registrou 13 casos de estupros.

Publicidade

Entre as vítimas estavam crianças e adolescentes. Segundo relatos, os casos de estupros registrado em Paulínia superam as 10 maiores cidades da região de Campinas, na qual está localizada, no primeiro trimestre de 2018.

Outro caso se violência sexual contra uma criança

Um caso de abuso sexual de criança também aconteceu no Swaroop Nagar, no Noroeste de Déli, na Índia. Um homem de 20 anos supostamente violentou uma criança com problemas mentais após atraí-la com um brinquedo.

A vítima de 7 anos foi agredida sexualmente na terça-feira (15). De acordo com a polícia, a criança, que sofreu ferimentos graves, mora no mesmo bairro do acusado. Ele costumava brincar com a vítima depois que voltava do trabalho.

No dia do ataque, o acusado, identificado apenas como Sonu, supostamente atraiu a vítima com o pretexto de comprar um brinquedo para ela. Em vez disso, ele a levou para uma fábrica próxima e a violentou dentro de um banheiro.

Publicidade

O suspeito foi preso pouco tempo depois do crime.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo