Mais uma vez, o bandido levou a pior. Desta vez, o caso aconteceu em plena Avenida do Estado, em São Paulo, nessa segunda-feira, dia 14. Quatro bandidos tentaram assaltar um policial militar que estava de folga e um deles terminou morto atingido por dois tiros. No último sábado (11), a PM Kátia Sastre, 42 anos, também reagiu a um assalto e matou o bandido com três tiros na frente da escola da filha, em Suzano, na Grande São Paulo.

A corporação informou que o policial, que não foi identificado, estava de folga e seguia de carro pela Avenida do Estado quando foi abordado por quatro criminosos.

Provavelmente os bandidos pretendiam roubar o veículo do PM.

O que os assaltantes não sabiam era que no interior do automóvel estava um policial militar à paisana e armado. O militar não contou história e atirou contra os bandidos. Um dos criminosos foi atingido por dois tiros e morreu. Os outros conseguiram escapar ilesos. O policial não ficou ferido.

Mais casos

Esse é o segundo caso de bandidos que se deram mal ao tentar assaltar policiais militares em São Paulo somente nas últimas 36 horas. Na manhã de sábado (11), a cabo da PM Kátia Sastre também reagiu a um assalto e matou o criminoso, que apontava um revólver calibre 38 para mulheres e crianças em frente a uma escola de educação infantil no município de Suzano, região metropolitana.

A PM disparou três vezes contra Elivelton Neves Moreira, 21 anos, que morreu na Santa Casa de Suzano. Uma câmera de segurança gravou tudo (clique aqui para assistir ao vídeo).

A policial estava de folga e aguardava a abertura dos portões da escola Ferreira Master com a filha de 7 anos de idade. Ela e outras mães, que também estavam do lado de fora do colégio com seus filhos, iriam participar de uma festa em alusão ao Dia das Mães.

Elivelton chegou com o revólver em punho anunciando o assalto. Kátia retirou sua arma da bolsa e atirou contra o bandido, que ainda tentou revidar, mas foi rendido pela policial.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

No domingo das mães, Katia Sastre foi homenageada e recebeu flores do governador de São Paulo, Márcio França.

Nessa segunda-feira (14), o delegado da Polícia Federal Mauro Sérgio Salles Abdo reagiu a um assalto a sua residência, no Morumbi, em São Paulo, e acabou morto pelos bandidos. De acordo com a Polícia Militar, dois homens armados com um revólver calibre 38 e uma pistola, invadiram a casa do delegado pela manhã e anunciaram o assalto.

Mauro Sérgio reagiu e disparou contra os invasores. Houve troca de tiros.

O policial e um dos assaltantes foram atingidos.

Ao ouvir o barulho dos disparos, vizinhos acionaram a Polícia Militar, que chegou a tempo de flagrar a dupla tentando escapar. Os dois foram presos. O policial foi levado ao hospital, mas não resistiu. O bandido baleado recebeu atendimento médico e o estado de saúde é estável.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo