Um Policial Militar, ao reagir a um assalto em Tarauacá, uma cidade no Estado do Acre, disparou em um empregado de um comércio local. Segundo informações de uma nota oficial da Polícia Militar (PM), o agente confundiu o empregado do estabelecimento com um criminoso, atirando em seu pé. O acidente aconteceu na noite do último sábado (12).

Os criminosos chegaram em grupo de cinco pessoas

Na mesma nota, o PM alega que presenciou o momento em que cinco indivíduos abordaram as pessoas que estavam no comércio e anunciaram que assaltariam o local.

O policial, que não estava trabalhando no dia, estrategicamente se escondeu tentando prendê-los enquanto estivessem saindo do prédio.

Na Polícia Civil, aguarda-se que os fatos sejam registrados em boletim de ocorrência e o policial que participou da cena preste seu depoimento para apurar melhor os fatos ocorridos.

O PM confundiu o funcionário que portava uma faca

Após o grupo conseguir roubar alguns itens pessoais dos clientes, além de produtos do estabelecimento, o grupo fugiu.

Porém a quadrilha foi perseguida pelo funcionário que portava uma faca nas mãos.

Foi neste momento que o PM, confuso com a cena, entendeu se tratar de um dos bandidos, então disparando no funcionário entendendo que ele era um dos criminosos.

O PM relata que não conhecia o rapaz

A polícia prontamente esclareceu que o PM não tinha ideia de quem era o rapaz e deduziu ser um dos cinco criminosos, nem imaginou se tratar do funcionário do mercado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Governo

Antes de tudo isso acontecer, os funcionários estavam todos sentados na parte de trás do prédio e o policial conversando do outro lado na frente do mercado. Por se tratar de um local que não se tem visão do que ocorre nos fundos ele não viu o funcionário.

Para tentar esclarecer a postura do policial a PM comunicou que o empregado foi devidamente atendido e levado para o hospital e atendido urgentemente. Os criminosos conseguiram escapar. O policial foi ouvido pelas autoridades e pode esclarecer a situação.

Uma PM reagiu a assalto em São Paulo, matou bandido e foi homenageada

No mesmo dia em São Paulo, na cidade de Suzano, uma Policial Militar reagiu a um assalto, matando o criminoso que tentava roubar em frente uma escola infantil, o caso repercutiu nacionalmente em todos os noticiários.

No domingo o Governador de São Paulo, Márcio França (PSB) presenteou a policial com um ramalhete de flores pelo Dia das Mães.

Curta e compartilhe o artigo em suas redes sociais!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo