Nessa semana, a ex-esposa do cantor Wesley Safadão, Mileide Mihaile, de 29 anos, [VIDEO] entrou com uma ação na justiça pedindo a prisão do cantor. De acordo com as informações do site 'TV em Foco', Mileide e Wesley têm um filho de 7 anos, chamado Yhudy. A ex-mulher alega que o cantor diminuiu a pensão alimentícia do filho.

Com isso, a relação entre Wesley e a ex-esposa, que já estava complicada, ficou ainda mais difícil depois que Safadão [VIDEO] entrou com uma ação na Justiça pedindo que a pensão alimentícia, avaliada em R$ 9 mil, fosse revisada devido aos valores que ele fornece por fora da remuneração depositada mensalmente.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

Após ser notificada do processo, Mihaile entrou em contato com a 'Revista Quem' para falar sobre o assunto. A mulher explica que ficou sabendo da decisão do ex-marido no último dia 6 de junho.

Segundo ela, Wesley sempre depositou a quantia referente a R$ 9 mil, no entanto ele também banca por fora R$ 2.600,00 referente às despesas da escola do menino.

Há dois meses o cantor vem descontando da pensão, despesas de colégio e mais R$ 1 mil de combustível. Somando todos os descontos, o valor da pensão para Yhudy caiu para R$5.400,00. Mileide disse que sua advogada já entrou com uma ação judicial pedindo a reclusão do cantor caso ele não corrija o valor.

Atualmente Mihaile trabalha como Digital Influencer. Como não possui renda fixa, a mulher explica que precisa do dinheiro da pensão alimentícia para que o filho não passe por necessidades. Mileide também contou que não pretendia entrar com a ação contra o ex-marido, mas por acreditar estar sendo humilhada e desprezada por ele, agora ela espera que o cantor cumpra com sua parte no acordo firmado entre os dois.

Segundo a ex-mulher quando o casal se separou, após oito anos de casamento, ela não propôs nenhum tipo de valor em relação à pensão alimentícia e foi o cantor quem lhe ofereceu a proposta que foi firmada em um contrato assinado entre ambos.

No entanto, faz dois meses que Wesley resolveu diminuir o valor da pensão sem explicar sequer os motivos, levando-se em consideração que Mileide reside no centro de Fortaleza (CE), onde o seu padrão de vida é muito elevado. A mulher disse que parcela dos descontos, como R$ 3.500,00, não pagam nem a conta do supermercado.

Ela também disse estar ciente de que a maioria das pessoas sobrevive com apenas um salário mínimo por mês, entretanto a mulher considera que pretende manter o padrão de vida ao qual Yhudy está acostumado, e que o menino enxerga um mundo diferente quando vai passear na casa de seu pai.