Rosângela Barcellos Freda, de 40 anos, mãe do atacante Taison, jogador que participou do elenco da Seleção Brasileira que disputou a Copa do Mundo da Rússia, foi vítima de sequestro relâmpago nesta segunda-feira (16) na cidade de Pelotas, onde reside com sua família.

A mãe do jogador estava em sua residência, localizada no bairro Navegantes, quando no começo da tarde foi levada por 4 homens que se passaram por funcionários de uma floricultura. Com um buquê de flores em mãos, um dos homens apertou a campainha da residência, ao sair para atender, a mãe do atacante do Shakhtar Donetsk, time da Ucrânia, foi surpreendida pela ação criminosa.

Publicidade
Publicidade

Ela foi colocada dentro do porta-malas do carro, um Siena.

Quarenta minutos após a ação dos criminosos, a Polícia Militar localizou o veículo na estrada Alto da Cruz, distrito de Pelotas e resgatou a mãe do atleta, os suspeitos, cinco homens, foram detidos e levados para averiguação pela Brigada Militar.

O jogador Taison, de férias no Brasil, estava em visita ao time do Progresso, clube da cidade de Pelotas, onde o jogador iniciou sua carreira. Tão logo soube do sequestro, o atacante se dirigiu à delegacia para encontrar a mãe. A Polícia Civil segue com as investigações.

Imagens de câmera de segurança mostram o momento da ação criminosa

O circuito interno de câmera de segurança filmou o exato momento em que os criminosos chegaram à residência da família do jogador e de lá levaram Dona Rosângela Barcellos Freda. As imagens foram divulgadas na noite do sequestro, pela Polícia Civil do estado do Rio Grande do Sul.

As imagens da câmera de segurança mostram com clareza o momento em que um homem chega ao portão com um buquê de flores nas mãos, e tão logo a vítima sai para atender, o carro modelo Siena se aproxima e os três homens saem do seu interior.

Publicidade

Ao perceber a ação Rosângela tenta correr para dentro de sua residência, mas os homens correm atrás e ela é rendida. Uma mulher que se encontrava no interior da residência sai para ajudar, mas Rosângela é colocada no porta-malas do carro e os homens saem do local.

O homem que carregava o buquê de flores foge do local a pé. No entanto, após operação conjunta entre a Brigada Militar e a Polícia Civil, os quatro homens foram presos juntamente de um quinto elemento, suspeito de participação na ação criminosa.

Três carros da família que haviam sido roubados foram devolvidos aos seus donos.

No momento do resgaste, Rosângela estava amarrada no porta-malas do carro, mas não sofreu ferimentos.

Leia tudo