A Receita Federal está leiloando eletrônicos e outras diversas mercadorias que foram abandonadas ou apreendidas em alfândega pelo órgão público, estas são catalogadas e disponibilizadas para a venda.

O evento que ocorre de vez em quando é organizado em aeroportos nacionais, e dessa vez a escolha foi o Porto de Ijataí, em Santa Catarina. As propostas deram início em 20 de agosto e se encerram em 11 de setembro às 18h.

Estão sendo leiloados 81 lotes de diferentes produtos, em que 55 destes são destinados a pessoas físicas, nas quais 32 dos mesmos são apenas eletrônicos, contando com iPhones, PS4, Xbox, Switch e Macbooks.

A notícia motivadora é que esses produtos podem ser adquiridos por um preço bem camarada ao serem comparados com os valores de mercado.

Exemplo disso é o conjunto de um MacBook Pro da nova geração e um AirPod da Apple que podem ser adquiridos pelo valor mínimo de R$ 2,8 mil, ambos estimados em nada mais nada menos que R$ 13 mil no site da Apple. Essas mercadorias se encontram no lote 68.

Você também pode levar para casa um iPad de 32 GB e um Xbox One com o Fifa 17 de bônus por somente R$ 1,3 mil, encontrados no lote 46, ou ainda, adquirir um iPad, um Pro Controller e um Nitendo Switch pelo mesmo valor no lote 45.

Quer saber quais outros produtos você pode comprar? Veja no site da Receita Federal a lista completa de lotes.

Como funciona o leilão da Receita Federal

Como regra geral de todo tipo de leilão, leva a mercadoria aquele que fizer a maior proposta. Portanto, o valor mínimo que se encontra ao lado do produto claramente não será o preço final pelo qual o lote será vendido.

Certifique-se de ler todo edital antes de participar do evento e fique atento com algumas regras: você não poderá revender nenhum produto adquirido e também estará sujeito a receber multa da Receita Federal caso vencer o leilão e não quitar a compra.

Veja como participar do leilão da Receita Federal

A participação exige um código de acesso para pessoas físicas, para isso, acesse o site da Receita Federal e clique em Serviços para o cidadão e para a empresa.

Em seguida, clique em GERAR CÓDIGO DE ACESSO e escolha a opção GERAR CÓDIGO DE ACESSO PARA PESSOA FÍSICA.

Por fim, preencha os dados solicitados e os números dos Recibos IRPF e clique em GERAR CÓDIGO.

Também é necessário ter um certificado digital.

Concluída as etapas, basta acessar o portal e-CAC da Receita Federal.

As pessoas jurídicas que queiram participar do leilão devem estar em dia com a Receita Federal.

Vale lembrar que é de extrema importância consultar o edital do evento bem como o de qualquer lote do seu interesse. Lá constarão informações como formas de pagamento e retirada da mercadoria.

Siga a página Negócios
Seguir
Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!