A audácia dos assaltantes já supera o razoável e a maldade muito acima do imaginável. Um homem em Sorocaba, interior de São Paulo, usou uma criança como isca e acabou tentando matar uma grávida e seu bebê à sangue frio e de forma bárbara e cruel.

Tudo aconteceu na madrugada de quinta-feira (18), no bairro Parque São Bento, Zona Norte de Sorocaba. Segundo a Polícia Civil, uma grávida, de 34 anos de idade, voltava de seu trabalho quando avistou uma criança caída na Avenida Doutor Gualberto Moreira, uma importante avenida na região.

A vítima, assim que avistou a cena, acabou tendo um ato que a maioria das pessoas faria, parar o carro para auxiliar a criancinha que parecia em situação vulnerável. Foi aí que ela viveu o maior pesadelo de sua vida.

Grávida para carro para socorrer criança e é vítima de assaltante cruel

A verdade é que a criança não passava de uma isca e estava ali a mando de um bandido. Assim que ela parou o carro, o homem saiu do matagal ao lado e anunciou o assalto, que acabou de forma trágica.

Segundo o Boletim de Ocorrência que foi lavrado após o fato, o homem portava uma faca e ameaçou a vítima, pedindo-lhe dinheiro.

O suspeito estava muito nervoso, colocou a vítima dentro do carro e exigiu dinheiro da gestante. O problema é que a mulher não tinha nada na carteira e não pôde atender aos pedidos do bandido. Descontrolado, o homem então partiu para cima da grávida e usou de toda sua crueldade. Ao invés de só tentar matar a vítima, ele fez questão de desferir a facada contra a barriga da mulher.

Após esfaqueá-la, o homem empurrou a vítima para fora do carro, assumiu a direção do veículo e fugiu em direção à Rodovia Emerenciano Prestes de Barros.

A criança que teria sido usada como isca para o assalto não foi encontrada pelos policiais, o que pode sinalizar que aquela não foi a primeira vez que a situação ocorreu.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou rapidamente ao local e levou a gestante até o maior hospital da cidade de Sorocaba, onde ela foi atendida às pressas e internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O bebê, por milagre, sobreviveu após a facada, segundo revelou o 'Cidade Alerta' desta quinta-feira (18).

Por outro lado, o suspeito de ter cometido o crime, ainda não foi localizado e sua identidade também ainda não foi revelada. A investigação prossegue no 8º Distrito Policial da cidade de Sorocaba.

Mais notícias de crimes no Brasil

Jovem é suspeito de matar a mãe a facadas em SP por não querer vê-la sofrer

Criança de 11 anos é abusada dentro de presídio no Ceará

Família descobre abuso após criança de apenas oito anos revelar 'bebê na barriga'

Não perca a nossa página no Facebook!