O meio-campista Daniel, que pertence ao São Paulo Futebol Clube e estava jogando na série B emprestado ao São Bento de Sorocaba, também de São Paulo, foi encontrado sem vida na manhã do último sábado, 27. O corpo do atleta foi encontrado jogado em uma plantação de pinos, aos arredores de São José dos Pinhais, no Paraná. Com 24 anos de idade, Daniel já passou por outros clubes grandes do futebol brasileiro, a exemplo de Cruzeiro e também do Botafogo do Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia local e o IML (Instituto Médico Legal), Daniel foi encontrado com algumas marcas feitas por arma branca em seu corpo, fato esse que levanta a suspeita de assassinato e possivelmente de crime passional. O jogador foi encontrado por moradores locais, que logo ligaram para a polícia para avisar sobre o acontecido. Três horas depois da informação, o São Bento publicou uma nota oficial afirmando que lamenta pelo acontecido e confirmou que estava de luto.

“O São Bento lamenta a morte do meia Daniel, confirmada pela assessoria de imprensa do atleta”, disse o clube, que explicou ter conhecimento sobre o fato na noite do último domingo, 28.

Daniel estava jogando pelo São Bento por empréstimo, mas era jogador do São Paulo.

Daniel era natural de Juiz de Fora, em Minas Gerais, e foi revelado pelo Cruzeiro, clube ao qual ele jogou primeiramente nas categorias de base.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Futebol

Apesar de ser revelado pela ‘raposa’, foi no Botafogo que o atleta teve seus melhores dias como jogador de futebol. No Rio de Janeiro, de 2013 a 2014, Daniel conseguiu se destacar no clube botafoguense e chamou a atenção do São Paulo, que logo entrou em contato com o clube carioca com a intenção de contratar Daniel.

Apesar da boa reputação no Botafogo, Daniel não conseguiu ter o seu melhor rendimento vestindo a camisa do São Paulo.

Atribuía-se isso a questão de lesões, que o jogador passou a ter e isso tanto o incomodou como também fez com que ele ficasse afastado do time principal do tricolor. Logo foi emprestado ao Coritiba do Paraná, mas atuou apenas em seis jogos no Coxa, e logo se transferiu por empréstimo para a Ponte Preta de São Paulo e, em seguida, foi emprestado novamente, dessa vez, ao São Bento, clube ao qual Daniel defendeu por apenas dois jogos, até ser encontrado morto nesse último domingo. [VIDEO]

As redes sociais do atleta começaram a ter mensagens de solidariedade, principalmente por algumas grandes páginas no Twiiter, como é o exemplo do Esporte Interativo.

A polícia continua investigando o caso para conseguir identificar possíveis culpados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo