Anúncio
Anúncio

Uma história, que poderia se encaixada em muitas Novelas, ainda mais porque é protagonizada por uma atriz, foi vivenciada por Cristiane Machado, que já fez já trabalhos inclusive para a Rede Globo. Cansada das supostas agressões domésticas que vinha sofrendo do marido, o empresário e ex-diplomata Sérgio Schiller Thompson-Flores, 20 anos mais velho que ela, a atriz decidiu instalar câmeras escondidas no quarto do casal para registrar e ter provas das agressões que vinha sofrendo.

Nas imagens gravadas no último mês de agosto, o empresário aparece empurrando Cristine. Em seguida, ele tira os sapatos dela e usando os próprios calçados da mulher, inicia uma série de agressões contra ela. “Morro de medo de ele entrar aqui e me matar”, disse a atriz em entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo, exibido neste domingo (18).

Anúncio

Começou como um conto de fadas

O relacionamento de Cristiane e Sérgio no começo se assemelhava a um conto de fadas e parecia que tinha tudo para dar certo. “Ele era extremamente carinhoso, cuidadoso. Eu tinha encontrado o amor da minha vida”, disse Cristiana ao Fantástico. “Ele era meu príncipe”, seguiu.

Entre se conhecer e subirem ao altar não foram necessários mais do que oito meses. De acordo com ela, eles se conheceram no mês de março de 2017, em maio iniciaram o relacionamento e em novembro no mesmo ano se casaram no civil. A cerimônia religiosa aconteceu em abril deste ano.

O início das agressões

As agressões começaram, segundl ela, pouco depois deles terem se casado no civil. “Começa muito sutil.

Anúncio

Às vezes com um empurrão ou com uma palavra grosseira”, disse. Ela contou ainda que o marido queria lhe afastar da carreira de atriz e que ela não podia mais ter senha em seu aparelho celular.

Em outra gravação, feita pelo aparelho celular da atriz, mostra Sérgio quebrando a própria casa com uma machadinha. “Foi uma madrugada de terror”, relembra. Ela conseguiu chamar a Polícia, Sérgio foi preso em flagrante, mas saiu da cadeia após pagar fiança.

Mesmo com tudo isso, ela decidiu manter o casamento do religioso, após os filhos dele a procurarem e ele pedir perdão, no entanto, ao contrário do prometido, as agressões não pararam e ele chegou a ameaçá-la com uma faca, que foram gravadas com celular. Após isso, ela decidiu instalar as câmeras no quarto, que registraram as agressões em 31 de agosto e também ele tentando enforcá-la com um fio.

Anúncio

Outro lado

Os advogados de Sérgio Thompson-Flores enviaram uma nota ao programa da Rede Globo afirmando que as agressões não ocorreram. Eles dizem ainda que as acusações são motivadas por interesses financeiros e alegaram que as imagens, que mostram as agressões foram editadas. Sérgio está foragido.