Um crime bárbaro no Triângulo Mineiro deixou muita gente em choque, pois um empresário de 39 anos matou a própria esposa e também a filha, se suicidando em seguida. A médica tinha 33 anos e a filha do casal tinha apenas 4 anos de idade. O fato se deu na cidade de Araguari, Minas Gerais, na madrugada deste último sábado (17).

O Corpo de Bombeiros informou que deveriam ser quase 4 horas da madrugada quando Thiago José de Aquino Marques estava no carro com a família, passando pela Avenida Marechal Rondon, que fica no centro de Araguari.

A avenida estava deserta, por isso ninguém viu quando ele bateu o carro no muro de duas casas. Em seguida, ele teria esfaqueado a esposa, Mariana Barbosa Paranhos, deferindo vários golpes e depois a filha, que estava no banco de trás. Por fim, o empresário esfaqueou a si próprio. A mulher morreu no carro mesmo, enquanto o pai e a filha foram levados para a UPA - Unidade de Pronto Atendimento, mas morreram logo em seguida.

Polícia está investigando o caso

As investigações já começaram e espera-se que muitas dúvidas sejam esclarecidas nos próximos dias.

A família morava na cidade de Uberlândia, que fica a 40 km de Araguari. A Santa Casa da cidade informou que Mariana era plantonista da ginecologia e também obstetrícia da unidade e começou a trabalhar lá no início deste ano, inclusive tinha dado plantão naquela madrugada.

Descobrir o que teria motivado o crime será o grande desafio para a Polícia, já que aparentemente o casal vivia bem, por isso será preciso ouvir familiares e pessoas próximas, para tentar descobrir alguma pista que possa esclarecer todas as dúvidas existentes hoje.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Se houver câmera de segurança no local onde o crime aconteceu, as imagens poderão ajudar a esclarecer o caso.

Algumas testemunhas já foram ouvidas e disseram que o sujeito tentou atropelar a esposa, só que ela pulou o moro de uma casa. O empresário foi atrás dela e quando a alcançou, desferiu 12 facadas na médica. Gritando muito, ele deu quatro facadas em si mesmo. A filha do casal estava no banco do carro, em uma cadeirinha e foi golpeada no tórax, a polícia acredita que a criança foi a primeira a ser esfaqueada.

Um rapaz que mora próximo ao local do crime, contou que a médica gritou por socorro diversas vezes. Moradores só ficaram sabendo que a menininha estava no carro quando a PM chegou e foi verificar o veículo.

Confira também

Mulher e criança mortas afogadas em Belo Horizonte estavam abraçadas e com terço nas mãos

Menina faz desenho em escola no RS para denunciar suposto abuso sexual do pai

Idoso é preso em Caçador (SC) ao sair de motel com adolescente

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo