Depois de cinco dias internado, o pequeno Lucca, de 6 anos, filho do jogador Elisson, ex-goleiro do Cruzeiro e atualmente no Nacional de São Paulo, teve sua morte confirmada na tarde desta quinta-feira (15). O menino estava internado no Hospital Regional de Betim, desde o final da noite do último sábado (10), com traumatismo craniano após sofrer um acidente doméstico. Na última terça-feira (13), o jogador chegou a dizer para amigos e um site de notícias que o filho havia falecido [VIDEO], mas depois corrigiu a informação.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

No sábado passado, o menino brincava com primos quando ao tentar pegar um refrigerante subiu em cima de um armário que tombou em cima dele, causando sangramento na cabeça e nos ouvidos.

Exames apontaram Traumatismo Cranioencefálico (TCE) grave e seu estado vinha piorando.

O jogador voltou a fazer uso das redes sociais para confirmar o falecimento [VIDEO] de seu único filho. “Com muita dor no peito venho comunicar o falecimento do meu filho amado”, iniciou a postagem. “Nosso anjo volta para a casa e está com Deus”, seguiu o jogador que agradeceu todas as orações feitas para a recuperação do menino nos últimos dias.

O velório de Lucca será realizado em Piedade do Paraopeba, distrito de Brumadinho, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte.

Logo após a confirmação da morte do garoto, o Cruzeiro, clube onde Elisson foi revelado e foi bicampeão brasileiro em 2013 e 2014, emitiu nota de pesar nas redes sociais onde lamentou a morte do menino e desejou “forças e muita luz neste momento de tristeza e consternação”.

Antes do treino, na última segunda-feira (12), na Toca da Raposa, os jogadores cruzeirenses já haviam feito uma roda de oração. Além da raposa, Elisson também jogou no Itaúna, Rio Branco e Villa Nova, todos de Minas Gerais, além do Nacional da Ilha da Madeira, de Portugal, Rio Verde e Vila Nova, de Goiás, e Coritiba, do Paraná. Desde o meio deste ano estava no Nacional de São Paulo para a disputa da Copa Paulista.

Chegou a anunciar a morte do filho na terça-feira

Na última terça-feira (13), Elisson chegou a dizer para o portal UOL e também enviar mensagens para amigos que o filho havia morrido. Parentes, inclusive, já tinham começado a ir atrás da documentação para tirar o atestado de óbito e também saber procedimentos referentes à doação de órgãos.

Porém, horas mais tarde, o menino chegou a responder a alguns estímulos e o próprio jogador se encarregou de corrigir informação e pedir para que tidos continuassem orando pelo seu filho.