Um crime hediondo ocorreu na cidade satélite de Samambaia, no Distrito Federal. Segundo a Polícia, uma garota de 11 anos estava sofrendo abusos sexuais do padrasto, com o consentimento da mãe da jovem.

De acordo com o portal de notícias do jornal Metrópoles, depois de ser detido, o casal confessou o crime. O homem identificado como Reginaldo Muniz dos Santos, de 34 anos, afirmou que cometia os abusos porque estava "possuído pelo demônio".

Mãe acobertava os abusos sexuais

Segundo as informações cedidas pela Polícia Civil do Distrito Federal, o casal foi preso na última quinta-feira (8).

A mãe da menina relatou que a jovem vinha sofrendo os estupros há pelo menos 9 meses e que ela já havia flagrado os abusos por duas vezes.

A mulher tem mais cinco filhos, que moram na mesma casa. Segundo as investigações, os abusos aconteciam na frente das outras crianças, todas mais jovens que a vítima. A história de sofrimento desta jovem chegou até aos policiais através dos professores da menina e dos vizinhos da mesma que relataram os abusos ao Conselho Tutelar da cidade.

A menina confirmou os abusos e relatou que não queria manter relações sexuais com o padrasto.

A polícia investiga se a mãe da jovem a obrigava a se prostituir em troca de dinheiro ou alimento..

Os investigadores relataram que quando a mãe flagrava os abusos, ela se voltava contra a filha e lhe espancava por ciúmes do marido. O casal segue preso e está à disposição da Justiça.

Abusos contra crianças e adolescentes

De acordo com o portal de notícias online G1, dados no Ministério da Saúde apurados entre os anos de 2011 e 2017 traçaram o perfil das vítimas e de seus abusadores. Neste mesmo período os casos de abusos sexuais contra crianças e adolescentes aumentaram cerca de 83%, segundo boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde em 6 anos foram notificados 184.524 casos de violência sexual, sendo 58.037 (31,5%) contra crianças e 83.068 (45,0%) contra adolescentes.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Além da extrema violência e de vidas marcadas para sempre, outro dado chama bastante atenção, a maioria dos abusos contra crianças e adolescentes acontecem dentro de casa e seus algozes geralmente são familiares, vizinhos, conhecidos e amigos da família. O estudo também mostra que os homens são os principais autores de violência sexual contra vulneráveis.

A polícia pede para que qualquer caso suspeito seja denunciado através do disque 100.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo