Carola Cimini, conhecida como morena do aviãozinho, foi presa em 2014, após deflagração da Operação Denarius, que investigava o tráfico internacional de drogas. Na época, Carola era companheira de Edvaldo Muniz da Silva, o Toni Boiada, apontado como chefe da quadrilha e que continua preso. Uma foto divulgada nesta semana mostra a morena junto com o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão. Na imagem, ela aparece dando sorvete na boca do militar.

Publicidade
Publicidade

Em relação à sua prisão em 2014, a morena disse que já estava separada de Toni, entretanto, os agentes federais entraram em sua casa e pediram para que ela juntasse roupas numa mala, que ela iria junto com eles para a delegacia. Carola recorda que havia arrumado três malas e, no entanto, chegou até a ser alvo de brincadeira dos policiais que falaram que ela não ia viajar para o exterior, bastava apenas uma mala.

De acordo com ela, a sua prisão durou 10 dias e ela foi solta por não ter sido encontrado nenhuma evidência de atos irregulares.

Ela enfatizou que não possuía nada em seu nome que pudesse causar qualquer suspeita. Ela disse que seu ex-marido Toni sempre a levava nas fazendas, mas ela nunca imaginava que toda a riqueza dele era proveniente de dinheiro sujo, ligado às drogas.

Frente a frente com Moro

Carola chegou a ficar frente a frente com o juiz federal Sergio Moro, que aceitou na última quinta (1°) convite para comandar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública no futuro Governo Bolsonaro.

Publicidade

Ela foi absolvida e comprovado que não havia feito nada de errado. Ela lamenta o que aconteceu e afirma que isso a prejudicou até para arrumar um novo namorado, sem contar que caiu em depressão.

Conforme relatos de Carola, ela recebia uma mesada de R$ 30 mil de Toni Boiada. Eles possuíam uma união estável e tiveram uma filha. Contudo, ela ressaltou que após desfazer a união e ser presa, não recebeu nenhum dinheiro.

Carola é defensora da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e apoia vários trabalhos investigados pela Lava Jato.

Fotos com Mourão

A morena afirmou que as fotos dela com Mourão foram a público e causou crítica de muita gente, como se ela estivesse expondo o general. Mas ela reiterou que colocar sorvete na boca do militar foi apenas uma brincadeira e nada de mais.

Carola acabou ficando famosa e atualmente é maquiadora e faz curso para pilotar aviões particulares. Segundo ela, muitas pessoas a chamam de garota de programa e que recebe dinheiro de políticos. No entanto, ela desmente isso.

Publicidade

A morena também afirmou que não sabia que Mourão, viúvo desde 2016, tinha se casado novamente. Segundo a morena, Mourão é muito simpático, um fofo, e o presidente eleito, Jair Bolsonaro, possui um grande charme.

Leia tudo