Em mais uma revelação sobre o caso do assassinato do jogador Daniel, o empresário Edison Brittes Júnior, suspeito de ter cometido o crime, teria entrado em contato por telefone com Eliana, mãe do atleta, para dar os pêsames pela morte do filho.

Conversa pelo WhatsApp

No domingo passado, dia 28, logo após o corpo do atleta ser localizado, Allana, que é filha de Edison, teria entrado em contato com dona Eliana através do WhatsApp. Já eram 20h30 quando a garota enviou para a mãe do jogador uma relação com os principais hotéis mais próximos à sua casa, para que a família de Daniel pudesse ficar hospedada, já que demandaria tempo até que o corpo fosse liberado e todas as questões resolvidas.

Em uma das mensagens, Allana procurou tranquilizar a mãe do atleta, dizendo que estaria indo com seus pais para o IML e que era para Eliana ficar tranquila e ter fé, que não seria seu filho e que no final tudo daria certo.

Não demorou muito para Allana receber uma mensagem do familiar da vítima, dizendo que ela não precisava mais ir para o Instituo Médico Legal, pois haviam informado que o corpo era mesmo de Daniel. Allana respondeu a mensagem dizendo que estava a caminho e que não acreditava que fosse mesmo o atleta. Ela ainda postou alguns emojis de choro. Mais tarde, por volta das 21h18, Eliana confirmou que o corpo era mesmo de seu filho, e Allana respondeu: "Meu Deus".

Nesta última segunda-feira, dia 29, a filha do suspeito entrou em contato com a família de Daniel mais uma vez, querendo saber quando e onde seria o velório.

A tia do jogador entrou na conversa e quis saber de Allana o que realmente teria acontecido na madrugada de sábado para domingo e ela contou que de fato ele esteve em sua casa, mas foi embora logo pela manhã.

Neste mesmo dia, Edison, que confessou o crime em depoimento à Polícia, ligou para a mãe de Daniel dando os pêsames.

Ainda na segunda-feira, Allana compartilhou nas redes sociais uma foto dela junto com o jogador e na legenda escreveu que seu coração chora e que não tinha palavras para expressar seus sentimentos.

Veja também

Segurança confessa ter matado Rayane, após dar carona para a jovem

Menina é sequestrada, encapuzada e abusada sexualmente em Cuiabá

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!