Em 2015, o Ministério do Turismo lançou o livro: “Dinâmica e diversidade do Turismo de Base Comunitária”, que apresentava programas contidos em 42 projetos, com o intuito de promover desenvolvimento do turismo através de financiamento do Estado.

A publicação trata sobre os desafios existentes na implantação de políticas públicas dirigidas ao incremento do Turismo de Base Comunitária (TBC), que é um modelo alternativo de desenvolvimento do setor turístico, baseado no cooperativismo, na autogestão, na valorização da cultura local e, principalmente, pelo protagonismo dos integrantes das comunidades em prol de uma participação mais expressiva na comunhão dos benefícios gerados pelo desenvolvimento do turismo.

Sob estas perspectivas, profissionais do turismo baiano se unem para desenvolver o potencial turístico e a diversidade cultural formada no entorno dos assentamentos rurais da região de Itaetê, no Parque Nacional da Chapada Diamantina.

Componente do projeto “Integrando iniciativas de Turismo de Base Comunitária (TBC) com o Parque Nacional da Chapada Diamantina e o Parque Natural Municipal de Andaraí – Rota das Cachoeiras”, esse valioso roteiro experimental tem como desafio criar e promover novos produtos e roteiros turísticos para essa região.

TBC em Itaetê

Segundo definição do Ministério do Turismo, o TBC promove a integração entre comunidade e visitantes, onde a vivencia do turismo é protagonizada pelas comunidades locais que, representam as mais fortes expressões de um lugar, fornecendo valiosas e importantes experiências turísticas, agregando ainda mais valor aos roteiros e gerando emprego e renda para a região, doutrinários do efeito multiplicador do turismo.

O encontro promovido em Itaetê, teve como objetivo consolidar o turismo de base comunitária do município. Para tanto, foram apresentados e selecionados os equipamentos, atrativos e serviços turísticos que iriam compor o roteiro. Cerca de 120 itens, como cachoeiras, restaurantes, casas de cultura, meios de transporte e hospedagem, foram levantados pela pesquisa.

Os profissionais puderam experimentar um pouco mais da realidade local, conhecendo melhor seus costumes e suas riquezas naturais.

A proposta era apresentar os principais passeios para formar uma opinião qualificada acerca dos atrativos e serviços turísticos oferecidos no entorno, através da experimentação.

O projeto visa ampliar as possibilidades de comercialização entre as comunidades e as agências de turismo locais, integrando todos os prestadores de serviços numa única rede, estreitando os laços e estabelecendo uma relação de parceria entre os comunitários, especificamente aqueles que compõem o trade turístico de Lençóis, Ibicoara e Andaraí. O estabelecimento dessa rede é essencial para que o TBC obtenha êxito.

Outros sete projetos análogos estão sendo executados no Brasil e servirão para integrar no futuro, um caderno de experiências em TBC do Instituto.

Turismo integrativo

O projeto visa criar, de modo integrado e participativo, produtos turísticos voltados para agências e visitantes que integrem o patrimônio cultural e natural, com o intuito de impulsionar a economia local. As ações realizadas nas comunidades têm por base metodologias participativas, mediante profundo diálogo entre os atores locais.

Diferentemente dos produtos turísticos convencionais já oferecidos na região, com os grandes e imponentes cânions da Chapada Diamantina figurando como principal plano de fundo, o turismo de base integrativa oferece uma nova proposta e visão do turismo, onde a troca entre visitantes e moradores passa a ser o grande protagonista dessa experiência.

A medida em que o turismo vai se desenvolvendo, a comunidade vai se tornando prestadora de serviço, sem que para isso precise deixar de lado sua origem cultural, pautada na agricultura familiar. Assim, o roteiro tem a proposta de trazer experiências genuínas através dos hábitos e costumes característicos dessas comunidades e que as fazem únicas. A junção dessa diversidade cultural com os atrativos naturais da Chapada Diamantina permitem a formatação de roteiros autênticos para diferentes perfis e público.

Siga a página Natureza
Seguir
Siga a página Turismo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!