Um vídeo que mostra um repórter de uma emissora afiliada da Rede Globo de Televisão agredindo um idoso até que ele desmaiasse vem circulando nas redes sociais.

O agressor, identificado como Rodrigo Maia, é jornalista na Rede Gazeta, de Vitória, capital do Espírito Santo.

Publicidade
Publicidade

Ele foi afastado de suas funções depois que o caso ganhou grande repercussão.

O vítima, de 69 anos, foi identificada como Nilo Ferreira. Os dois moram em um condomínio residencial na Praia do Canto, em Vitória. Foram as câmeras de segurança do local que flagraram a agressão, ocorrida na noite de terça-feira (18).

Vídeo mostra a briga entre vizinhos

Nas imagens é possível ver o jornalista na porta do elevador discutindo com o idoso na presença de uma mulher que seria a síndica do condomínio.

Vídeo com imagens da agressão circulam pelas redes sociais. (Foto: Gazeta Online)
Vídeo com imagens da agressão circulam pelas redes sociais. (Foto: Gazeta Online)

O início da confusão foi gravado pelo próprio jornalista com seu celular.

Em um certo momento, o empresário tenta sair de dentro de elevador e é impedido por Rodrigo. O idoso então dá um empurrão no jornalista, que revida e, enfurecido, parte para cima do homem, que é bem mais velho que ele. Neste momento, a mulher sai do elevador e os dois continuam se agredindo.

Minutos depois, é possível ver Nilo sendo arrastado por Maia. Ele desfere vários socos e pontapés na vítima. Nas imagens é possível ver o homem no chão sendo agredido sem ter condições de reação.

Publicidade

Veja:

A vítima passou por cirurgia

Nilo foi socorrido e levado ao hospital. Segundo um familiar do empresário, ele precisou passar por uma cirurgia para reconstrução de uma das orelhas e já teve alta. O idoso e seus familiares afirmam que estão bastante abalados com o ocorrido.

Pensei que ele fosse me matar

Em entrevista ao jornal Folha Vitória, Nilo afirma que pensou que iria morrer no momento em que estava sendo espancado. Segundo o idoso, ele chegou a perder os sentidos por três vezes e, mesmo assim, continuou sendo agredido.

Ele revelou que ficou com o rosto ensanguentado e que Rodrigo chegou a cuspir nele. "Muito sangue saiu do meu rosto. Ele mordeu minha orelha. Eu perdi as forças. Parecia que eu era um cachorro morto nas mãos dele. Mesmo sem ação, ele continuou me batendo. Chegou a cuspir no meu rosto. Eu pensei que ele fosse me matar."

Polícia

Segundo as informações dadas pela Polícia Civil, o caso foi registrado nesta quarta-feira, na Delegacia Regional de Vitória, como crime de lesão corporal. O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso (DEPI) e seguirá em sigilo.

Publicidade

Brigas constantes

Moradores do condomínio onde as agressões aconteceram afirmaram que não é a primeira vez que Rodrigo e Nilo discutem e se agridem. A sindica, que pediu para não ser identificada, revelou que foi o idoso que começou a confusão e que o jornalista já pediu desculpa aos moradores do condômino.

Leia tudo