Segundo informações publicadas em 28 de dezembro pelo site Climatempo, quase todas as regiões do Brasil têm previsões de receber, nesta virada de 2018 para 2019, chuvas fortes com raios, trovões e rajadas de ventos. O país tem uma incidência alta desse fenômeno e muitos turistas podem ficar frustrados no Réveillon em várias cidades brasileiras. Apesar do belo efeito visual e estético, o que pode ocorrer é a decepção de muita gente que espera curtir as atrações e paisagens da Natureza tupiniquim, podendo gerar prejuízos financeiros, físicos e até tragédias maiores como a perca de um ente querido.

O mais recomendado é ficar em casa ou dentro do carro

Muitos ficam em dúvidas sobre o que fazer e onde ficar durante um temporal. Permanecer em campos descobertos ou embaixo de árvores não é recomendado. Se abrigar dentro de casa com portas e janelas fechadas e ficar dentro do carro sem tocá-lo nas partes metálicas são atitudes corretas. Se o ambiente não for protegido por para-raios e não houver casa ou carro por perto, deve-se ficar agachado com os pés juntos. Entre outras medidas, não se deve permanecer próximo a cercas de arame, usar aparelhos eletrônicos que estejam conectados à tomada, andar de bicicleta ou moto, jogar futebol, falar ao telefone nem tomar banho.

Acidentes são causados pelas descargas elétricas

Mesmo com todas essas recomendações, nem todos os que se aventuram pelo Brasil as seguem e outros as desconhecem por completo. O verão nem sempre é gentil com quem o espera tão ansiosamente e, seja por imprudência ou não, acidentes são causados pelas descargas elétricas, podendo causar incêndios dentro ou fora de casa, queima de equipamentos, ferimentos leves e graves e a morte de uma pessoa amada.

O visitante nem sempre leva esse fator em consideração ao decidir sair pelas estradas brasileiras em busca de suas belas praias, paisagens deslumbrantes e sol quente. Acabam sendo surpreendidos no momento mais divertido do passeio pelas nuvens escuras que anunciam a chuva repentina que pode vir acompanhada de ventos, relâmpagos e trovões.

Um pouco de planejamento e precaução pode evitar imprevistos desde que o turista faça o acompanhamento constante da previsão do tempo para o local cuja visita é desejada. Se houver previsão de chuva, é melhor não sair de casa e desligar todos os aparelhos elétricos da tomada, pois a vida é preciosa e não se deve brincar com ela.

Siga a página Natureza
Seguir
Siga a página Turismo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!