Na última sexta-feira (30), um avião monomotor que havia acabado de decolar do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, caiu em cima de três casas no bairro Casa Verde, matando seus dois ocupantes e deixando pelo menos 12 pessoas feriadas, entre pedestres e moradores das residências atingidas. Neste domingo (2), o programa Fantástico, da Rede Globo, exibiu imagens que mostram o exato momento em que a aeronave se choca contra a parede do segundo andar de um dos imóveis e pega fogo.

A gravação registrou a rua Antonio Nascimento Moura com trânsito lento.

Por coincidência, elas captaram a presença de um carro do Corpo de Bombeiros, que retornava de outra ocorrência. Em dado momento, no canto do vídeo, surge a aeronave que bate na parede e pega fogo. As pessoas saem do carro correndo, enquanto que os bombeiros que estavam dentro da viatura correm em direção ao incêndio para ajudar as pessoas que eventualmente estivessem feridas.

“Foi uma cena que eu não vou esquecer nunca mais”, disse o Tenente Paim, que estava ao volante da viatura. Como não havia água na viatura para apagar o incêndio, os bombeiros buscaram retirar os feridos que estavam nas casas e dos carros. De acordo com Paim, algumas delas estavam em estado de choque e por isso não deixavam o local.

Também neste domingo (2), a última vítima ferida, uma menina de oito anos, teve alta do hospital.

Ela chegou a ficar internada na UTI do Hospital Samaritano, de onde saiu no sábado e desde então vinha seguia tomando medicação para cuidar dos ferimentos. Ela estava em uma das casas que atingidas pelo avião.

Pertencente ao diretor comercial da Mitsubishi no Brasil, Fernando Matarazzo, o avião, de prefixo PRJEE e fabricado em 1980, estava em situação regular junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Segundo especialistas, uma das causas do Acidente pode ter sido uma falha no motor ou em uma das hélices, uma vez que o aparelho não conseguiu ganhar altura logo após decolar.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

As vítimas

No acidente, morreram as duas pessoas que estavam na aeronave. O piloto Guilherme Murback, de 26 anos, e o também piloto Leonardo Kazuhiro Imamura, de 43 anos.

Nas redes sociais, Murback se apresentava como fundador da empresa Air Box Brasil e também informava que teve aulas de aviação no Aeroclube de São Paulo, no Campo de Marte. Ele estava noivo desde junho deste ano. Nas redes, além de postar sobre seus voos, ele também falava sobre a cirurgia bariátrica que realizou, o que fez perder 76 quilos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo