A morte de um cachorro que foi abandonado em uma unidade do Carrefour em Osasco, na Grande São Paulo, gerou revolta da população. Segundo informações, o animal teria sido envenenado e morto por um dos seguranças do local a mando de um superior. O cachorro chegou a ser socorrido pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonose), porém não resistiu aos ferimentos e morreu.

Por esse motivo, internautas e ativistas passaram a protestar contra o Carrefour nas ruas e nas redes, exigindo que a rede de hipermercados tomasse uma providência em relação ao ocorrido.

Publicidade
Publicidade

Revolta e protesto

A internauta Isabela Marcelino publicou em seu Facebook sobre o ocorrido e em pouco tempo muitas pessoas se compadeceram e começaram a protestar na internet devido à crueldade contra o cãozinho.

O cachorro que andava livremente pelos arredores do hipermercado era alimentado por alguns funcionários desde que foi abandonado ali, até quando ocorreu a fatalidade.

Nas redes sociais do Carrefour, internautas irados estão protestando contra a ação do segurança que mesmo que tenha sido mandado por um superior, poderia não ter sido cruel com o pet.

Publicidade

Mesmo depois da nota emitida pelo hipermercado, os internautas não estão satisfeitos, segundo eles, afastar a equipe de segurança que estava lá naquele dia não é o suficiente, muitos esperam que a rede doe para ONGs de proteção aos animais.

Famosos abraçam a causa e exigem justiça

Em suas redes sociais, famosos também se compadeceram com a história do cãozinho e passaram a protestar. O que mais chamou atenção da internet foram os comentários de protesto de Tatá Werneck.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Em seus comentários na última publicação na rede social do Carrefour, ela diz que eles devem tomar uma providência e conta sobre seus bichinhos de estimação que são criados com amor, dois cachorrinhos deficientes e 13 gatos que anteriormente eram de rua.

Além de Tatá, alguns artistas como Kéfera, Bruna Marquezine, a apresentadora Ana Maria Braga e outros também abraçaram a causa. Eles também fizeram comentários pedindo para que os responsáveis pelo estabelecimento tomem medidas cabíveis em relação ao ocorrido e que o autor e mandante do crime sejam devidamente punidos.

Muitas ONGs direcionadas à causa animal também criticaram a rede de hipermercados pelo ocorrido e pela resposta rasa que foi dada via rede social. Segundo internautas, as manifestações só irão parar depois que a rede se pronunciar adequadamente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo