Dois homens foram presos pela Polícia suspeitos de terem assassinado uma mulher. A vítima foi identificada pela polícia como Franciele da Silva Moreira, de 22 anos. Os suspeitos de terem cometido o crime foram identificados como Cláudio da Silva Rosa, 43 anos, e o filho dele, Wilker da Silva Rosa, de 24 anos. Franciele era ex-mulher de Cláudio, que não aceitava o fim do Relacionamento. Com a ajuda do filho, Cláudio teria assassinado a vítima e enterrado o corpo dela junto com uma motocicleta.

Os suspeitos estavam foragidos da Justiça até segunda-feira (10), quando foram presos.

O assassinato aconteceu em 4 de dezembro de 2016, na cidade de Brazlândia, no Distrito Federal. As investigações feitas pela polícia apontaram que Franciele havia recebido uma ligação do ex-marido alegando que ele queria conversa com ela. Franciele pegou sua motocicleta e foi até a casa do suspeito, que ficava às margens da BR-080.

No local o homem pediu para voltar com a vítima, porém, ela se recusou e ambos começaram uma discussão e logo os ânimos se alteraram. Revoltado com a recusa, o home teria atacado e matado a ex-mulher na frente do filho. Os acusados teriam então levado o corpo de Franciele, a moto e os pertences da vítima para uma mata localizada na DF-220.

Vítima era vigiada constantemente pelo ex-companheiro que não aceitava o fim do relacionamento

No local os acusados abriram uma cova e enterram a vítima a moto e seus objetos. De acordo com o delegado Adval Cardoso, o homem morria de ciúme da vítima e a vigiava constantemente para saber se ela estava tendo um caso com outro homem.

Ex-enteando também planejava se vingar da ex-madrasta

Para o delegado, o crime foi premeditado pelo ex e detalhado como o corpo da vítima seria escondido. Cardoso relatou que o filho do homem também estava planejando uma maneira de se vingar da ex-madrasta pelo sofrimento que ela estava causando para seu pai.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Relacionamento

As investigações da polícia também apontaram que o suspeito usou nomes de terceiros para ligar para a vítima, desse modo dificultando o trabalho da polícia.

Em depoimento, homem revela o local onde enterrou o corpo da ex-mulher

Durante o depoimento, Cláudio revelou para as autoridades locais onde enterrou o corpo da ex junto com seu objetos. Em um vídeo gravado pela polícia, mostra com clareza os peritos desenterrando os restos mortais da vítima. A polícia informou que a jovem foi enterrada de bruços, acrescentando que os peritos usaram técnicas de arqueologia para definir, com precisão, a posição da ossada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo