Após definir os 22 ministros de seu futuro Governo, com sete a menos do que os atuais 29, e sete a mais do que os 15 anunciados durante a campanha, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, retorna a Brasília nessa quinta-feira (19) para uma reunião com seus futuros ministros e o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão. Essa reunião será a primeira de Bolsonaro com a equipe de ministros.

A reunião será para discutir as medidas a serem tomadas após a posse, do dia 1ª de janeiro.

Segundo aliados, o presidente quer uma atenção especial da equipe para aprovar a reforma da Previdência, mas ainda não há consenso sobre a proposta. Possivelmente, o governo também precisa definir se tentará votar parte da reforma da Previdência apresentada ao Congresso Nacional pelo atual presidente Michel Temer, e quando enviará o seu próprio projeto de reforma. Câmara e Senado iniciarão a nova legislatura em fevereiro. De acordo com Paulo Guedes, a reforma da Previdência é essencial para equilibrar as contas públicas.

Reforma da Previdência

O novo governo estuda apresentar três propostas de mudança na aposentadoria. Uma seria baseada no modelo chileno, que foi apresentado por aliados do presidente eleito. Outra foi feita por Armando Fraga e Paulo Tafner. A terceira quer aproveitar parte da proposta enviado por Michel Temer em 2016.

Outros assuntos que poderão ser discutidos são a ampliação das parcerias com o setor privado, por meio de concessões e privatizações.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Governo

Assunto pelo qual Tarcísio Gomes de Freitas (futuro ministro da Infraestrutura) já havia anunciado anteriormente a intenção de leiloar toda a rede de aeroportos da Infraero em três anos e meio.

E o presidente eleito irá cobrar uma redução de gastos dos cargos comissionados do governo Federal. Jair Bolsonaro receberá de seus futuros ministros sugestões de medidas que cada pasta pretende implementar logo no início do novo governo, a partir de janeiro.

A reunião

A reunião será realizada na Granja do Torto, casa de campo da Presidência, na qual o presidente eleito tem dormido quando viaja a Brasília.

Bolsonaro embarca do Rio de Janeiro para Brasília às 7h. A reunião acontece das 10h às 16h e às 19h o presidente eleito embarca de de volta para o Rio.

Depois, só voltará a Brasília às vésperas da cerimônia de posse. A data, porém, ainda está sendo fechada entre 27 e 29 de dezembro.

Governo Bolsonaro

Seguindo o mesmo rumo da campanha, quando o mercado estava otimista para uma possível vitória de Bolsonaro, segundo divulgação do site Infomoney, para 83% dos 103 investidores institucionais entrevistados, a gestão será ótima ou boa, contra apenas 4% que projetam um governo ruim ou péssimo, pesquisa realizada após a notícia da investigação do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre movimentações suspeitas na conta de Fabrício de Queiroz, ex-assessor do filho Flávio Bolsonaro.

Queiroz continua desaparecido desde as denúncias de movimentação de R$ 1,2 milhão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo