A cidade de Milagres, localizada a 482 km da capital do Ceará, Fortaleza, foi vítima de uma tentativa de roubo com trágicas consequências. Nada menos do que 12 mortes ocorreram, e destas, 6 foram de reféns. Logo após as 2h, o assalto começou, com um terrível tiroteio entre a Polícia e os criminosos. O anúncio do número de vítimas fatais ficou a cargo da Coordenadoria de Medicina Legal da Perícia Forense em Juazeiro do Norte (CE), também responsável pela identificação cadavérica.

Além dos mortos, houve também suspeitos que sobreviveram e foram prontamente presos pelo departamento de polícia, até agora, no total de dois, que foram autuados em flagrante, por terem feito parte do planejamento e execução da tentativa infrutífera de assaltar a agência do banco Bradesco, além da agência do Banco do Brasil, ambas sediadas em Milagres. Foram encontradas várias armas e explosivos que seriam usados nos assaltos juntos aos suspeitos.

Explosivos com os números ainda não especificados, uma pistola 9 milímetros, uma espingarda de calibre 12 e um revólver de calibre 38. Além das armas, três veículos que também faziam parte dos equipamentos que seriam usados no assalto, foram apreendidos, sendo duas caminhonetes e um Chevrolet Celta.

Relatos dos policiais dão conta de que uma horda altamente armada adentrou a cidade munida de um objetivo claro, tendo se dirigido a área da cidade onde ficam as agências bancárias, o centro, onde os policiais os surpreenderam, causando a sua reação violenta.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

A primeira reação dos assaltantes foi fazer um bloqueio na BR-116, no trecho bem próximo a uma ponte sobre um rio chamado Tamanduá, parando dois carros, sendo que um dos carros com morador de Brejo Santo, e outro com uma família que tinha como destino Serra Talhada, no estado de Pernambuco.

Já com os seis reféns, os suspeitos foram até Milagres e tentaram assaltar a agência do Banco do Brasil, quando a policia os encontrou, e aí começou o tiroteio.

Em relação ao caminhão, foi deixado encostado no km 495 da rodovia.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará declarou que os 6 assaltantes foram mortos na trocas de tiros com a polícia. De acordo ainda com a Secretaria, antes mesmo do tiroteio as equipes de polícia já estavam fazendo varreduras para localizar possíveis quadrilhas de assaltantes de banco que estariam aterrorizando a região.

Mortos identificados

Até agora, as vítimas já identificadas, e que de acordo com a polícia foram executadas durante a troca de tiros, são o empresário João Batista Magalhães, 46, que tinha ido buscar familiares dele que tinham acabado de chegar de São Paulo no aeroporto da cidade de Juazeiro do Norte, o seu filho, Vinicius, 14; a cunhada; o marido dela e o filho do casal. Os outros mortos ainda não foram identificados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo