A cidade de Milagres, localizada a 482 km da capital do Ceará, Fortaleza, foi vítima de uma tentativa de roubo com trágicas consequências. Nada menos do que 12 mortes ocorreram, e destas, 6 foram de reféns. Logo após as 2h, o assalto começou, com um terrível tiroteio entre a Polícia e os criminosos. O anúncio do número de vítimas fatais ficou a cargo da Coordenadoria de Medicina Legal da Perícia Forense em Juazeiro do Norte (CE), também responsável pela identificação cadavérica.

Além dos mortos, houve também suspeitos que sobreviveram e foram prontamente presos pelo departamento de polícia, até agora, no total de dois, que foram autuados em flagrante, por terem feito parte do planejamento e execução da tentativa infrutífera de assaltar a agência do banco Bradesco, além da agência do Banco do Brasil, ambas sediadas em Milagres.

Foram encontradas várias armas e explosivos que seriam usados nos assaltos juntos aos suspeitos. Explosivos com os números ainda não especificados, uma pistola 9 milímetros, uma espingarda de calibre 12 e um revólver de calibre 38. Além das armas, três veículos que também faziam parte dos equipamentos que seriam usados no assalto, foram apreendidos, sendo duas caminhonetes e um Chevrolet Celta.

Relatos dos policiais dão conta de que uma horda altamente armada adentrou a cidade munida de um objetivo claro, tendo se dirigido a área da cidade onde ficam as agências bancárias, o centro, onde os policiais os surpreenderam, causando a sua reação violenta.

A primeira reação dos assaltantes foi fazer um bloqueio na BR-116, no trecho bem próximo a uma ponte sobre um rio chamado Tamanduá, parando dois carros, sendo que um dos carros com morador de Brejo Santo, e outro com uma família que tinha como destino Serra Talhada, no estado de Pernambuco.

Já com os seis reféns, os suspeitos foram até Milagres e tentaram assaltar a agência do Banco do Brasil, quando a policia os encontrou, e aí começou o tiroteio. Em relação ao caminhão, foi deixado encostado no km 495 da rodovia.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará declarou que os 6 assaltantes foram mortos na trocas de tiros com a polícia. De acordo ainda com a Secretaria, antes mesmo do tiroteio as equipes de polícia já estavam fazendo varreduras para localizar possíveis quadrilhas de assaltantes de banco que estariam aterrorizando a região.

Mortos identificados

Até agora, as vítimas já identificadas, e que de acordo com a polícia foram executadas durante a troca de tiros, são o empresário João Batista Magalhães, 46, que tinha ido buscar familiares dele que tinham acabado de chegar de São Paulo no aeroporto da cidade de Juazeiro do Norte, o seu filho, Vinicius, 14; a cunhada; o marido dela e o filho do casal.

Os outros mortos ainda não foram identificados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo