Publicidade
Publicidade

A Polícia prendeu Luana Beatriz Francisco neste último sábado, dia 8, acusada de ter abandonado a filha de apenas um ano de idade no meio da rua. Ao ser levada para a delegacia, a mulher disse que a criança tinha sido sequestrada. A polícia, no entanto, descobriu a verdade e ela foi presa por abandono de incapaz.

Uma câmera de segurança registrou o momento exato em que a mãe deixou a filha, enquanto passava pela rua Taquari, na Vila Leopoldina, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Quando a polícia mostrou o vídeo para a mulher, ela ainda tentou esquivar-se alegando que era parecida com a sequestradora.

Publicidade

Os policiais não têm dúvida de que a mulher no vídeo é mesmo Luana.

O vídeo mostra a mãe com a criança e, depois que abandona o bebê na rua, ela sai correndo. Um motorista estava passando pelo local e viu a criança abandonada, ele disse que foi emocionante e que estava começando a chover. "uma criança assim, de 1 ano e meio, de braços abertos e sozinha ali naquela rua", lembrou emocionado de quando viu o bebê.

Ajuda para o bebê

Assim que o homem resgatou a criança abandonada, ele foi até uma casa mais próxima e pediu ajuda aos moradores que deram água e biscoito.

Outros moradores ficaram emocionados com a cena e recorreram às redes sociais para tentar descobrir quem teria coragem de abandonar um bebê naquela situação.

Uma pessoa teve a ideia de checar as câmeras de segurança do local e tentar encontrar alguma pista e descobriram uma que filmou o momento exato em que a menina foi abandonada.

Quando Luana viu o vídeo nas redes sociais e as imagens da mulher abandonando o bebê, disse que ela era a mãe e que a filha havia sido sequestrada por um casal. Victor Barbosa, delegado responsável pelo caso, não acredita nesta versão e está convicto de que a mãe da menina é que aparece no vídeo.

Publicidade

"Dá para ver nitidamente que é ela", disse o delegado, explicando que até os parentes reconheceram que é ela na gravação e ficaram revoltados com a atitude da mulher.

Ajuda das redes sociais

Neste caso, as redes sociais foram fundamentais para esclarecer o mistério da criança abandonada no meio da rua. O vídeo com a mulher abandonando o bebê tem apenas 33 segundos de duração, mas foi o suficiente para fazer com que a mãe aparecesse.

A câmera de segurança é de uma residência bem próxima ao local onde a criança foi deixada e o caso ganhou repercussão após o vídeo ser compartilhado nas redes sociais.

Os internautas não só deixaram comentários criticando a atitude daquela mulher, como também compartilharam em seus perfis e assim as imagens chegaram a um maior número de pessoas.

A avó da criança quer ficar com a guarda da netinha, mas a Justiça ainda não definiu quem ficará responsável pela menina.