Márcio Paulo Barbosa Pena Mascarenhas, dono da pousada Nova Estância, em Brumadinho, Minas Gerais, usou seu perfil no Facebook há um ano para reclamar sobre os danos que a mineração estava provocando ao local.

Na época, o empresário disse que os danos causados à natureza eram visíveis. A mensagem tem chamado a atenção, pois cerca de um ano após a sua publicação, o corpo de Márcio foi encontrado em meio ao vazamento de lama provocado pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho.

Ele está entre os 99 mortos encontrados até o momento, após o incidente que tem provocado grande comoção nas redes sociais.

O corpo do empresário foi encontrado em meio à lama e escombros nesta quarta-feira (30), um dia antes de seu aniversário de 75 anos de idade.

Mensagem do empresário já falava sobre os danos causados pela Vale

Na mensagem publicada pelo dono da pousada no dia 3 de fevereiro de 2018, ele reclama que tudo em volta da barragem estava sendo destruído. Segundo Márcio, antes a natureza enchia o lugar com suas nascentes e mata. No entanto, tudo estava virando um deserto empoeirado e sem vida.

O empresário também chama a atenção em sua mensagem para algo sério e fala sobre os verdadeiros valores.

Márcio questiona o que é mais importante e diz que as pessoas estão morrendo devido a doenças pulmonares provocadas pelo pó poluído devido aos minerais pesados. Além disso, elas também estavam bebendo a "água envenenada" com esses mesmos tipos de produtos.

Por fim, o empresário ainda diz que os pulmões das pessoas estavam sendo entupidos. O turismo ecológico, que gerava riqueza para região, tinha simplesmente se transformado em um grande deserto poeirento e desabitado.

Márcio termina sua mensagem, demostrando estar preocupado com o futuro e questiona se ainda poderia haver algum tipo de esperança.

Segundo informações da Defesa Civil, o corpo do filho do dono da pousada também foi encontrado nesta quarta-feira (30). O corpo de sua mulher, Cleosane Coelho Mascarenhas, já havia sido encontrado pelas equipes de busca na segunda-feira.

Infelizmente, esse é mais um caso de uma família que teve seus sonhos destruídos pelo rompimento da barragem de Brumadinho que tem causado transtornos e também provocado grande preocupação e comoção.

Já foram encontrados pelo menos 99 mortos e mais de 259 pessoas estão desaparecidas, além de animais soterrados pela lama na região de Minas Gerais.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!