A tragédia humana em Brumadinho já é muito maior que a de Mariana. Após o rompimento da barragem da Samarco, que também era controlada pela Vale, foram totalizadas 19 mortes sendo que um corpo jamais foi localizado. Já em Brumadinho, após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, até o final da tarde desta segunda (29), já se fala em 65 mortos de maneira oficial. De todo modo, com o avançar dos dias as esperanças de se encontrar alguém com vida fica, reduzida.

Ainda existem quase 300 desaparecidos.

Dentre as tragédias materiais, uma chamou muito a atenção. Uma pousada que era muito conhecida e frequentada por Famosos de todo o Brasil foi varrida do mapa pela lama. O local que era pacífico e procurado por pessoas que queriam descansar longe dos ares de cidade grande não existe mais.

Pousada é varrida pela lama

Os vídeos que foram divulgados na mídia já mostraram o poder da lama com rejeitos de minério.

No caso de Brumadinho, por conta de se tratar de uma barreira desativada, a lama era mais densa, o que traz ainda mais riscos à vida humana. A tragédia já é uma das maiores do país e o número de mortos pode crescer a cada dia.

Os danos físicos para a região que ficava mais próxima a barragem também foi varrida do mapa. Por exemplo, a região administrativa da mina, que ficava na base da barreira foi completamente soterrada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Natureza

Já uma pousada que ficava bem próxima à barragem, não existem mais. No local havia 35 pessoas e duas conseguiram se salvar. Ainda não se tem notícias dos desaparecidos.

O tenente do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, revelou que a edificação que existia no local da pousada Nova Estância foi completamente destruída e também confirmou a possibilidade de existir, no momento do rompimento, em torno de 35 pessoas no local. Inclusive uma mulher grávida está desaparecida. Ela possivelmente estava na pousada na hora da destruição.

Confira as últimas notícias de Brumadinho

Segundo o site do jornal O Globo, a assessoria do governo confirmou 65 mortes, sendo que 31 corpos já foram identificados. Nesta segunda, também, a Vale anunciou que não haverá pagamento de bônus aos executivos e nem remuneração sobre o capital dos acionistas.

Outra notícia que traz alento às vítimas é o fato da equipe israelense com equipamentos de última geração que podem identificar corpos e sinais de celular sob a lama já chegaram e começaram a instalar os aparelhos.

Em locais mais críticos, ainda segundo o jornal, a lama tem até 15 metros de profundidade o que prejudica a busca por corpos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo