O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), apresenta números impressionantes na propagação de fake news ou de informações imprecisas. É o que foi constatado pela agência de checagem de fatos Aos Fatos.

Como é mostrado na publicação do site nesta segunda-feira (11), nas suas dez semanas como presidente da República, Jair Bolsonaro tem a impressionante marca de uma declaração errada por dia.

Foram 149 declarações passíveis de checagem, em que 82 delas mostraram-se completamente falsas ou com algum grau de distorção, o que dá uma média de 1,4 por dia.

O site declara que desde a sua posse como presidente da República no dia 1° de janeiro de 2019, o militar reformado a cada 10 declarações dadas nas dez semanas de seu mandato, quase 6 eram falsas ou deturpadas.

A contabilidade realizada pela equipe do Aos Fatos é feita diariamente por meio de um mapeamento em redes sociais e também nos meios de comunicação tradicionais.

A agência declara que desde a última segunda-feira (11) irá publicar regularmente balanços que irão verificar a veracidade das declarações do presidente da República. Estas novas informações serão reunidas com as que já foram apuradas até agora.

Fact checker

A organização deste banco de dados que verifica a veracidade das informações passadas por Jair Bolsonaro teve como inspiração uma ideia concebida pelo Fact Checker, tradicional coluna de checagem de fatos do jornal americano The Washington Post, que fiscaliza as declarações dadas pelo presidente americano Donald Trump.

O site Aos Fatos afirma que seus jornalistas acompanham sistematicamente as declarações do líder do poder Executivo.

Partindo da premissa de que fazer um acompanhamento de suas declarações de forma isolada seria contraproducente, uma vez que trata-se de um número muito grande de declarações a serem checadas, por esta razão, as declarações de Jair Bolsonaro estão reunidas em uma única base da dados.

As declarações falsas mais frequentes dadas por Jair Bolsonaro, segundo a Aos Fatos, encontram-se na área da economia.

Foram pelo menos 15 vezes em que o presidente errou e propagou fake news em temas como: construção de rodovias, subsídios à produção de leite e também gastos públicos na área educacional.

Desde sua posse, Jair Messias Bolsonaro deu seis declarações completamente falsas e nove outras declarações com alto grau de imprecisão ou contraditórias sobre economia, diz a agência.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!