A Polícia prendeu na manhã desta quinta-feira (6), no bairro Jardim Simus, em Sorocaba, no interior de São Paulo, um homem de 50 anos suspeito de estelionato. Ele mantinha uma linha telefônica em nome do ator Domingos Montagner, que morreu em setembro de 2016, no rio São Francisco, durante o intervalo das gravações da novela "Velho Chico".

As investigações começaram após denúncia feita por um funcionário da empresa de telefonia dando conta que José Roberto Neves queria adquirir uma linha telefônica usando o número do CPF do falecido ator.

As autoridades chegaram até o suspeito depois da empresa de telefonia ter detectado várias instalações de planos de telefone, TV a cabo, celular e internet.

De acordo com a companhia, um funcionário havia ido até a casa do suspeito para fazer uma instalação. Ao chegar lá ele percebeu que já havia diversas instalações desses planos. Ao fazer esses pedidos, de acordo com a polícia, o suspeito recebia como brindes da empresa celulares, tablets e notebooks.

O funcionário da empresa foi recebido pela esposa do suspeito, que informou que o marido não poderia atendê-lo por estar indisposto. Não acreditando na história, o técnico fez uma checagem na rede e descobriu as instalações. Ele também pesquisou informações sobre o nome que lhe foi passado, foi quando constatou que se tratava do ator global falecido.

Na residência do suspeito foram encontrados e apreendidos notebooks, documentos e celulares. O homem, que já tem passagem pela polícia por estelionato, confessou o crime e foi preso em flagrante.

Ele responderá por essa mesma acusação e sua esposa também será investigada.

Ator morreu durante gravações de novela em 2016

O ator Domingos Montagner morreu em 15 de setembro de 2016, durante as gravações da novela "Velho Chico", da qual era um dos protagonistas. Durante um intervalo dos trabalhos, ele e a atriz Camila Pitanga foram nadar no rio São Francisco, na região de Canindé de São Francisco, em Sergipe.

Segundo relato da atriz, eles haviam ido até as pedras e após dar um primeiro mergulho Camila percebeu que a correnteza estava muito forte e avisou o colega. Eles decidiram voltar para as pedras nadando. Ela chegou primeiro e Domingos foi levado pela correnteza.

Equipes realizaram buscas pelo ator com barco e helicóptero. Seu corpo foi encontrado preso nas pedras a uma profundidade de 18 metros e a mais de 300 metros do local onde foi avistado pela última vez.

Sua primeira novela foi em 2011, quando interpretou o Capitão Herculano Araújo, em "Cordel Encantado". Também participou das novelas "Joia Rara", "Salve Jorge" e "Sete Vidas". Além disso, Domingos atuou em seriados da Rede Globo e participou de filmes.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!