Maurício Sherman morreu nesta quinta-feira (17), apresentando gravidades no quadro de sua saúde renal. O corpo do diretor e criador de programas de sucessos, como o "Fantástico", foi cremado na tarde desta sexta-feira (18), no Crematório do Cemitério da Penitência, no Caju, situado na zona portuária do Rio.

Apaixonado pela magia da TV, Maurício Sherman dirigiu cerca de 5 mil produções diversificadas nas áreas de dramaturgia e entretenimento.

No crematório, compareceram parentes, amigos e muitos artistas dos veículos de comunicação onde Sherman deixou traços do seu trabalho. Além de diretor, Maurício Sherman atuou como ator, deixando como marca de seu trabalho a revolução que imprimiu em suas várias realizações.

"Ele disse que eu tinha o sorriso de Doris Day, a sensualidade de Marilyn Monroe e uma pitada de Peter Pan." Esta frase é da apresentadora Xuxa Meneghel, homenageando o ator e diretor, da Rede Globo de Televisão, Maurício Sherman.

Xuxa, que acrescenta no currículo as carreiras de cantora e atriz, destacou que como descobridor de talentos, Sherman foi o responsável pela sua entrada em televisão. "Ele insistiu para que eu entrasse para a TV." Segundo Xuxa, Sherman olhou para ela de forma divertida. "Sei que ele descobriu muitos talentos. Talvez fosse o que mais lhe desse prazer", acredita a ex-modelo. Xuxa ressalta que talvez Maurício Sherman não tenha recebido os agradecimentos merecidos pelos artistas que ele lançou nas diversas áreas televisivas. E entende, que talvez ela mesma não o tenha agradecido o suficiente. E se despediu dele dizendo: "gratidão por ter sido meu fada madrinha".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

Artistas se despedem

A paixão de Sherman, que descobriu a apresentadora Angélica para substituir Xuxa na TV Manchete, pela magia na telinha era tamanha, que dos seus 88 anos de idade, entregou 68 deles ao trabalho. Como Xuxa, José Bonifácio Sobrinho (Boni), expressou sentimentos sobre a morte do diretor do programa do Faustão. Boni lamentou a morte do amigo, a quem se referiu como o "nosso Maurício".

Boni lembrou, que ele criou o "Zorra Total", desvelando a ele adjetivos como pessoa carinhosa, amiga e amante da televisão.

O ator e comediante Leandro Hassum demonstrou seu pesar à morte de Sherman, salientando: "a gratidão que eu tenho é por tudo que ele fez por mim ao me descobrir. Se sou o Leandro Hassum de hoje, é porque ele me descobriu lá atrás. Me deu todas as oportunidades, e me dava todos os conselhos da forma Sherman de dar conselhos, que permeiam minha carreira, e até hoje, os conselhos dele ficam na minha cabeça e balizam minha carreira".

Hassum ainda desejou que o diretor fizesse uma passagem em paz.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo