Após receber alta em razão do contágio do novo coronavírus, um homem identificado como Joelson Bezerra, de 47 anos, recebeu aplausos dos funcionários e da equipe médica que o acompanhou nesses dias de internação. O caso foi registrado na zona leste de Natal.

Após deixar a unidade hospitalar onde permaneceu durante alguns dias, ele acabou sendo surpreendido pelos profissionais da Saúde, que fizeram uma espécie de corredor humano para aplaudir a recuperação de Joelson. Bastante emocionado, o paciente chegou a relatar que não estava confiante na sua recuperação.

"Ele não tinha boas expectativas. O quadro dele inspirava risco mesmo.

Ele chegou ao hospital quase sem respirar naquele momento", contou a mulher dele, Auxiliadora Barroso.

Ainda segundo o paciente, os médicos ficaram surpresos com a sua recuperação. "Todos os médicos foram me visitar porque não acreditavam que eu voltasse, porque o quadro não evoluía. No 12º dia eu evoluí e acordei", disse.

O paciente já se encontra em casa, onde irá permanecer tomando os cuidados necessários para que a sua saúde não seja afetada. Até o fechamento dessa matéria nenhuma informação adicional foi apresentada sobre o caso.

Caso semelhante de paciente que teve recuperação

Recentemente, um ex-combatente da Segunda Guerra Mundial recebeu alta após ter sido contaminado com o novo coronavírus. Ele foi identificado como Ernando Piveta, de 99 anos.

Até o presente momento, ele é a pessoa mais velha a se recuperar do vírus no Brasil.

O veterano foi diagnosticado com o vírus nos Hospital das Forças Armadas, em Brasília, onde permaneceu em observação durante alguns dias e ganhou alta após apresentar uma melhora a respeito do vírus. Mesmo recebendo alta, os profissionais da área da saúde informaram que o veterano precisará se prevenir para que outros problemas não surjam.

Coronavírus no Brasil

Diariamente o Ministério da Saúde informa as atualizações das mortes provenientes do novo coronavírus. De acordo com as últimas informações o Brasil apresenta cerca de 1.760 mortes, 14.026 pessoas curadas e 29.015 casos confirmados.

Prevenção do vírus

Até o presente momento não há informações de medicamentos sendo usados para combater o contágio do novo coronavírus.

Diante disso, os métodos de prevenção continuam sendo usados. Os profissionais da área da saúde informam que nesse período de proliferação do vírus é fundamental obedecer às regras impostas pelo atual governo e permanecer em casa, de quarentena.

É aconselhável evitar lugares de grandes aglomerações, tendo como exemplo: bancos e supermercados. Se for necessário a ida, os profissionais da área da saúde informaram que o uso do álcool em gel e da máscara cirúrgica é fundamental para coibir o contágio do vírus.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!