Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra criminosos 'ostentando' armas no Complexo do Alemão, na Zona Norte do estado do Rio de Janeiro. Nas imagens, é possível ver um total de 16 fuzis, no qual a maioria das armas estão em poder de traficantes que dominam a região.

A Polícia Civil recebeu o vídeo e está investigando o caso. Durante os 30 segundos, a filmagem mostra claramente o armamento pesado do traficantes enquanto, ao fundo, se ouve funk que cita favelas que integram o conjunto de comunidades. São citadas: Nova Brasília, Fazenda (numa referência a Fazendinha) e Alvorada.

Dos 16 fuzis que aparecem nas imagens, cerca de 9 estão escritos 'professor'.

De acordo com informações cedidas pelo jornal G1, a menção feita nas armas é uma referência ao traficante Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, que foi condenado a 36 anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas, venda de entorpecentes e associação ao tráfico.

Ainda não se tem maiores informações sobre os indivíduos que aparecem nas imagens. A Polícia Civil segue realizando buscas para tentar identificar os criminosos que aparecem nas imagens. Até o fechamento dessa matéria ninguém foi preso.

Cidade de Deus

Durante período de pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, traficantes da comunidade CDD (Cidade de Deus) colocaram faixas informativas a respeito de aglomeração.

Em uma das faixas colocadas na entrada da comunidade é dita: ''Atenção moradores: toque de recolher as 10h dia e noite.

Circular nas ruas só em caso de emergência. Covid-19 está matando. É proibido: Bares e restaurantes com mesas na rua (proibido aglomerações)''.

No final da faixa, os traficantes informara que consequência poderão ser geradas para as pessoas que descumprissem as novas medidas.

De acordo com informações dos moradores que residem na localidade, os criminosos colocaram a faixa informativa para coibir o contágio do novo coronavírus, tendo em vista que que mais de 182 pessoas morreram em razão da proliferação do vírus.

Pelas redes sociais, muitos internautas comentaram a respeito da frase informativa feita pelos criminosos da Cidade de Deus.

Pelo Facebook, muitos internautas questionaram a atitude dos criminosos em ameaçarem quem descumprissem com as medidas de isolamento impostas por ele. Por outro lado, algumas pessoas entendem que a faixa informativa é válida para evitar o contágio de novas vítimas.

Até o momento, o caso continua sendo de bastante repercussão.

De acordo com últimas informações do Ministério da Saúde, o estado do Rio de Janeiro é o segundo mais afetado com o novo coronavírus, ficando atrás, apenas, do estado de São Paulo. Na tarde da última terça-feira (14), o atual governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou que havia sido contaminado pelo vírus.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!