Lamentavelmente o número de mulheres vítimas de feminicídio só aumenta no Brasil e no mundo. Muitos homens não aceitam o fim dos relacionamentos e partem para a violência contra a ex-companheira, e até contra os filhos ou familiares da mesma.

Homem tira a vida da ex-namorada

Mais um desses casos tristes de feminicídio foi registrado na cidade de São Paulo, na noite desta segunda-feira (12). Um crime cometido contra uma Mulher de apenas 18 anos e sua família chocou os moradores do bairro de Guaianazes.

Nathalia Saldanha estava comemorando o seu aniversário ao lado da família quando o seu ex-namorado invadiu o local e cometeu um crime bárbaro.

A jovem estava celebrando mais um ano de vida em casa, quando o ex invadiu o local e a atingiu com uma faca.

Além de matar a ex-namorada a facadas, o criminoso matou também a mãe dela e atingiu mais três pessoas que estavam no local. Além de atingir mortalmente a ex e sua mãe, foram esfaqueados o padrasto da jovem e outras duas pessoas, sendo uma delas uma criança de 10 anos.

Jovem e sua mãe não resistem

Nathalia e sua mãe chegaram a ser socorridas para uma unidade de saúde, mas não resistiram os ferimentos e tiveram o óbito confirmado. As outras pessoas também foram socorridas, sendo que o padrasto da jovem se encontrava em estado grave. Após atendimento, a criança e a outra vítima foram liberadas.

Segundo vizinhos, o suspeito estava separado de Nathalia há um mês e meio, mas não aceitava o fim do relacionamento. Eles contaram que o homem já tinha a fama de ser uma pessoa muito agressiva. O ex-casal tinha uma filha de apenas 2 anos, que não se encontrava no local na hora do crime.

O ex-companheiro de Nathalia teria buscado a filha na manhã do dia 12, para passar o Dia das Crianças com ele.

Durante a noite, ele voltou até a casa da ex sozinho, para cometer o crime, no momento em que a jovem comemorava o seu aniversário com a família.

Depois que cometeu o crime, tirando a vida da ex-companheira e da mãe dela, o suspeito fugiu do local. O caso foi registrado na 53ª Delegacia de Polícia, do Parque do Carmo.

Os investigadores estão realizando diligências na intenção de localizar o suspeito do crime.

Homem mata noiva na festa de casamento

Um caso de feminicídio que ocorreu na Rússia ganhou o mundo nos últimos dias. Um homem foi preso após matar a própria noiva durante a festa de casamento dos mesmos. Stepan Solgikh não teria gostado de ver a recém-esposa conversando com um dos convidados da festa e começou a agredi-la durante o evento.

O homem teria dito que a mulher estava comportando incorretamente. Ele começou a agressão à esposa na frente dos convidados, que rapidamente chamaram a polícia. O homem começou agredindo a mulher com socos e chutes no salão da festa e depois levou-a para fora seguindo com a violência.

Os convidados não conseguiram parar a violência e a mesma acabou falecendo. Após ver que a esposa estava inconsciente, ele chegou a jogar seu corpo em uma ribanceira. Antes disso, o homem cumpriu pena por ter matado uma mulher por causa de ciúmes. A noiva sabia disso, pois o conheceu em uma prisão, mas ela acreditava que podia mudar as atitudes do rapaz.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!