Quesia Freitas, cantora gospel, afirmou que o marido, Bruno Feital, agrediu-a em um shopping do Rio de Janeiro por causa de um chocolate. Segundo a vítima, ela saiu para comprar uma bebida para o esposo e ele pediu para trazer um chocolate, entretanto, a marca que o marido queria não tinha disponível na loja. Após isto, a briga teria iniciado.

A cantora participou do programa “Balanço Geral”, exibido pela Record TV, onde contou que ela e o marido foram ao shopping a fim de assistirem a um filme no cinema. Ela disse que a sugestão foi feita por ela, pois queria agradar ao marido. Ela contou que queria agradá-lo porque eles estavam trabalhando bastante.

Entretanto, a situação saiu de controle após ela chegar até ele com outra marca de chocolate. Ele então deu um surto. A cantora ainda afirmou que no momento que estavam na fila para comprar ingressos para assistir ao filme, Bruno teria se estressado quando ela pagou os ingressos. Ela disse que decidiu pagar porque queria fazer uma surpresa para ele. Ela então teria perguntando o que estava acontecendo com ele e falou que nada o agradava. Foi quando ele gritou dizendo que era verdade e chamou para ir embora do local.

A cantora afirmou que ficou com vergonha da situação, porque tinham pessoas olhando, então ela tentou ir em direção ao banheiro para fugir daquele momento, e foi quando ele a empurrou.

Cantora gospel diz que agressões eram recorrentes

Quesia afirma que as agressões aconteciam com frequência e que iniciaram no primeiro dia após a cerimônia de casamento. A artista disse que o primeiro dia que o marido foi agressivo foi quando ela estava em um estacionamento do shopping e ele ficou estressado porque ela estava falando ao celular resolvendo algumas coisas de trabalho.

Em entrevista à revista Marie Claire, a cantora afirmou que ela sentia vergonha por não querer acreditar que está passando por uma situação como essa. Ela contou que sentia medo em denunciar e acabar morrendo, mas ressaltou que hoje consegue ver a gravidade da situação e compreende que não precisa perdoá-lo. Ela disse que sofreu abusos físicos, psicológicos e até mesmo sexuais.

Cantora diz que sentia vergonha do filho por abusos do marido

Segundo a cantora, ela acabou perdendo a guarda de seu filho mais novo porque seu marido queria mais atenção que a criança de 7 anos. Ela disse que passou a ter vergonha do filho e disse que abriu mão para protegê-lo. A artista revelou que o marido exigia relações intimas constantemente, mesmo quando o filho estava em casa.

A situação da cantora se tornou pública após seu irmão, o também cantor gospel Juninho Black, divulgar imagens das supostas agressões nas redes sociais nesta semana.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!