Uma jovem foi sequestrada no município de Ibimirim, localizado no sertão de Pernambuco. Enquanto estava sob poder dos criminosos, ela teve momentos de tortura transmitidos ao vivo através das redes sociais. Os sequestradores transmitiram a ação para poder cobrar resgate da família da vítima. As informações foram divulgadas em primeira mão pelo portal UOL.

Na manhã da última quarta-feira (13), uma operação das polícias civil de Pernambuco e de Alagoas encontrou o cativeiro onde a vítima estava presa em Arapiraca, no agreste alagoano.

No objetivo de pressionar a família da jovem a pagar o valor de R$ 15 mil de resgate, além da transmissão ao vivo, os criminosos também gravaram vídeos agredindo a sequestrada e enviaram para o celular do namorado dela.

Alexandre Barros, delegado de Ibimirim, afirmou que no domingo (10), por volta das 10h, ele estava cumprindo plantão quando começou a receber vídeos e ligações de uma senhora querendo denunciar um sequestro. Nas imagens, era possível ver as torturas que a jovem vinha sofrendo. Diante do caso, o delegado conta que eles realizaram diligências preliminares e assim perceberam que o caso era verdadeiro.

Ainda segundo Alexandre, um dos fatores que dificultou a ação da Polícia foi que os sequestradores estavam utilizando diversos cativeiros. De acordo com informações, a mulher foi sequestrada em represália ao namorado, que possuía uma dívida com traficantes de drogas da região.

Depois que a polícia descobriu a localização do cativeiro, a vítima foi resgata debilitada e atendida pelo Samu.

Seu estado de saúde é estável. Três homens foram detidos na ação e com eles foram apreendidos diversos cartões de banco, uma pistola, celulares, drogas e três revólveres.

Mulher sequestrada é salva ao colocar mão para fora

Recentemente, uma jovem de 19 anos foi salva do porta-malas de um carro após ter sido raptada e torturada. Para tentar se salvar dos criminosos, a vítima usou um amassado da trava do carro dos criminosos para colocar a mão para fora e chamar a atenção.

Um motorista que trafegava próximo ao veículo suspeitou da cena e acionou a Guarda Municipal. O caso aconteceu na terça-feira (5), em Fortaleza.

Para à polícia, os sequestradores afirmaram ter cometido o crime por vingança contra o suposto namorado da vítima, que também foi detido na terça-feira, acusado de participar da morte de um adolescente em um bar no centro da capital cearense.

Contudo, após ser resgatada, a jovem afirmou que o homem em questão era apenas um conhecido, não seu namorado.

Segundo Paulo Martins, coordenador da Celas de Proteção Comunitária da Guarda Municipal de Fortaleza, a vítima conseguiu fazer movimento com a mão sem que os sequestradores percebessem. Após ser salva, ela foi encaminhada à Perícia Forense, onde foi submetida a exame de corpo de delito e, em seguida, foi liberada.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!