3

Uma tragédia se abateu sobre Brasília (DF), no fim da manhã desta terça-feira (6). Parte do viaduto conhecido como eixão sul desabou no centro da cidade, provocando desespero e caos na região. De acordo com o portal de notícias online do jornal 'Correio Braziliense, está é uma área comercial da cidade com tráfego intenso de carros e pedestres. Equipes da Defesa Civil do Distrito Federal e do Corpo de Bombeiros estão no local com cães farejadores em busca de possíveis vítimas.

Eixão Sul

Este viaduto está localizado na altura da Galeria dos Estados, a menos de 1 km da Rodoviária do Plano Piloto. Ainda não se sabe o que provocou o acidente em duas das pistas na principal avenida da cidade.

O viaduto fica em uma região muito movimentada e neste momento o trânsito está completamente interditado e deve permanecer assim por tempo indeterminado. Próximo ao viaduto, onde sua estrutura ruiu, existem muitas lojas comerciais, restaurantes e agências bancárias, conhecido como Setor Comercial Sul e o Setor Bancário Sul. Mesas da Churrascaria Floresta, que fica muito próxima ao viaduto, ficaram soterradas. O movimento no local era intenso, pois várias pessoas estavam almoçando.

Duas das pistas do viaduto que faz parte da principal avenida da cidade despencaram. Em visita ao local, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, afirmou que o viaduto não passou por nenhuma reforma ou manutenção recente. Ele também afirmou que "Brasília é uma cidade de está envelhecendo, é feita de concreto e precisa de manutenção, de reforço das estruturas".

O governador foi duramente vaiado por populares que estavam no local.

O diretor do DER-DF, Henrique Luduvice, afirmou que o viaduto precisa ser escorado para que depois se decida o que será feito com ele. Segundo a Defesa Civil, ainda existe risco de novos desabamentos e por isso o local deverá permanecer completamente isolado.

O chão tremeu

Comerciantes e clientes que estavam na Galeria dos Estados relataram que houve um estrondo e que tudo tremeu. O susto foi enorme, as pessoas não sabiam ao certo o que estava acontecendo, quando perceberam que o viaduto havia desabado. A primeira reação de todos era saber se existiam vítimas sobre os escombros.

Socorro as vítimas

Todas as equipes do Corpo de Bombeiros estão trabalhando no local. O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e Hospital de Base serão referências para atendimento de emergência de possíveis vítimas do desabamento. Até o fechamento desta matéria, não havia confirmação de vítimas [VIDEO] entre os destroços do viadutos.

Veja alguns vídeos do local: