A montadora confirmou que parou de fabricar o modelo Palio da Fiat nesta quinta feira (22), e o carro não está mais disponível no site da empresa desde essa data, segundo as informações do site G1.

O Palio deixará de ser vendido com os motores 1.4 e 1.6. Restará, portanto, apenas a versão Attractive.

A marca teve seu modelo Palio mais vendido no ano de 2014, e esteve no mercado por duas décadas

Segundo a opinião de donos do modelo, a mão de obra é acessível, as peças de reposição são fáceis de encontrar, e o carro possui boa posição de dirigir e boa direção.

Já os pontos negativos são o alto consumo de combustível, o fato de não ser uma boa opção para quem viaja, devido à baixa estabilidade e pouca força do motor.

O Palio é considerado um ex-líder de vendas no país. Lançado em 1996, foram produzidas e vendidas mais de três milhões de unidades nestes 22 anos, tempo em que a marca foi consolidada no mercado brasileiro, tendo 2014 como o ano auge de vendas do carro.

Nesta época ele desbancou o Gol na liderança de vendas, o que é admirável, pois o modelo foi criado para concorrer com o Gol, que até então era líder disparado de vendas no Brasil.

O Palio foi criado com a finalidade de disputar vendas com o Volkswagen Gol

E a disputa entre as duas marcas sempre foi acirrada, porém na maioria das vezes o Palio conseguia o primeiro lugar de vendas.

O modelo teve durante esses anos alguns derivados, ganhando a versão picape Strada e a perua Weekend, ainda disponíveis para venda no Brasil e a última alteração nos modelos foi em 2009.

Com a chegada de um novo modelo da Fiat, o Argo, as vendas do Palio estavam em queda

A Fiat está investindo no lançamento de um novo modelo da marca: o Mobi, enquanto o Uno é ainda uma opção intermediária. Outro modelo que esta com os dias contados é o Grand Siena.

Também devido à grande queda de vendas, a produção do modelo Grand Siena está cada vez menos frequente.

Junto com essa modificação, a marca também muda, autodenominando-se 'Nova Fiat' e destacando uma plataforma renovada de produtos, nesse novo portfólio está o Mobi, Argo, Cronos, Toro, e futuramente uma nova picape compacta.

O Palio e o Punto foram apenas os primeiros de uma lista que a marca vai deixar de produzir. O Punto sempre foi popular entre pilotos amadores pelo fato do baixo custo e da vasta disponibilidade de peças de reposição.

Lançado em agosto de 2007 no Brasil, o Punto veio atrás do Uno para suprir uma lacuna entre o Punto e o Stilo em um perído de um acordo mal sucedido entre GM e Fiat.

O Punto teve entre seus concorrentes diretos o Citroen C3 e o VolkswagenFox.

Porém, em 2008, o carro foi reconhecido como o modelo do ano pela Revista Auto Esporte.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo