Mais de nove mil remédios sofrerão reajuste após a fixação pelo Governo do aumento anual do preço dos medicamentos. A taxa fixada em 6% atinge toda a população que depende de medicamentos e gasta parte significativa de sua renda mensal comprando remédios.

Com o aumento de várias tarifas como energia e gás, o brasileiro encontra formas de poupar diante de aumentos expressivos que pesam no bolso. Os medicamentos são responsáveis por mais da metade dos gastos em saúde dos cidadãos.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Governo

Com o aumento de mais de nove mil medicamentos, poupar será a melhor solução. Evitando problemas econômicos e endividamento por pessoas que recebem pouco e dependem de medicamentos contínuos para sobreviver.

Pesquisa de preço

Uma forma de economizar na hora de comprar medicamentos é a pesquisa de preços em farmácias. As variações podem acontecer em mais de vinte por cento, superando o valor do aumento dos medicamentos.

Outra forma de economizar é a preferência por medicamentos genéricos. Remédios com a mesma fórmula e princípio ativo feito por laboratórios diferentes e com preço mais acessível. A variação de preço de um medicamento comum para um medicamento genérico pode chegar a oitenta por cento.

Além disso, laboratórios de medicamentos disponibilizam programas de fidelização de clientes. Nesses programas o paciente pode ter descontos significativos na hora de comprar seu medicamento. Para isso é necessário entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do laboratório.

Os melhores vídeos do dia

Farmácia Popular

A Farmácia Popular, uma iniciativa do Governo Federal, oferece medicamentos a preço reduzido para tratar de doenças mais comuns como diabetes e a hipertensão. O desconto para os 112 remédios disponibilizados pela Farmácia Popular pode chegar a noventa por cento. O cidadão deve apresentar receita médica e CPF para adquirir remédios na Farmácia Popular que conta com unidades espalhadas por todo o Brasil. A adesão ao programa Farmácia Popular do Governo Federal é gratuita e aberta a toda a população.