A publicação de livros com dietas maravilhosas é comum. O maravilhoso photoshop, mostrando o antes e o depois (escondendo as peles que podem sobrar), pode levar as pessoas a tomar atitudes radicais e incorretas. Elas podem conduzir a situações perigosas para a saúde. O que você vai ler não é mais um regime, mas uma proposta de readequação alimentar, que cada um pode tentar sem sacrifício.

Subir na balança, pode ser, para algumas pessoas, o início de um sofrimento.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Tendências

Ao calcular o IMC - Índice de Massa Corporal e ler sobre as consequências da gordura, aquele artigo que mostrava pessoas magras, com anorexia, foi jogado para o fundo mais fundo da gaveta da mesinha de cabeceira.

A pessoa inicia um périplo onde é possível encontrar pessoas sérias, mas também é possível encontrar pessoas mal intencionadas, sem que com isso se esteja contando nenhuma novidade. Recomendar cuidado é preciso em todas as ocasiões.

Sem fazer você utilizar mais um guia fadado ao insucesso, teste a proposta abaixo colocada:

· Utilize imagens bonitas, com ingredientes considerados "fake - fantasmas". Nada impede que você sirva uma feijoada, com a mesma aparência, mas sem os índices de gordura, que a feijoada tradicional traz consigo;

· Aquele bolinho de arroz gorduroso, pode ser trocado por aquele bolinho de arroz integral, feito no forno, com 1/3 da gordura do outro;

· Se você gosta de sorvete, porque se furtar de tomar aquela vaca preta (a mistura de sorvete com coca-cola) utilizando um sorvete feito por você mesmo, com ingredientes naturais, sem conservantes, com utilização de um refrigerante light? Mesmo prazer com menos calorias;

· Se ficou assustado com o preço da mensalidade da academia da esquina, não se preocupe.

Os melhores vídeos do dia

As cidades têm parques, tem ruas, tem praças que você ainda não conhece. Pegue seu carro vá até lá e perca meia hora, uma hora, ou mais andando para lá e para cá sem rumo;

· Se você tem seu cachorrinho ou cachorrão de estimação, não se furte a dar uma volta com ele. O pequeno companheiro e seu corpo agradecerão penhorados;

· Faça uma limpeza no seu armário: jogue fora tudo que tiver glúten; troque a farinha de trigo pela farinha de arroz; troque o óleo vegetal pelo óleo de coco; Troque o feijão pela lentilha; troque o arroz agulha branquinho, pelo arroz integral. Somente com isto conte com a perda de alguns quilos;

· Vá ao shopping somente depois das refeições e ao mercado também; prevenir é melhor que remediar.

A troca não é sacrifício e pode trazer bons resultados, economia e perda de alguns quilos. Quando se emagrece é possível manter o guarda-roupa, principalmente se você tiver competências ou contrate uma costureira de mão cheia.

Se tudo isto não funcionar, não se preocupe.

Pelo menos, com certeza, você deve ter melhorado a sua saúde. Não desista. Não vá correndo para o regime da melancia. Há relatos de pessoas que entraram em estados de depressão com estas propostas radicais.O mundo não foi feito em sete dias e perder aqueles 10 quilinhos a mais também não irá acontecer em tempo recorde.

Sem remorsos vá até a cozinha. Abra a geladeira e veja aquele bolo de bolo de chocolate "fake", que de chocolate só tem a cor, e se delicie e traga seus amigos para uma vida mais saudável. Se tiver sucesso, não seja egoísta. Vá até o computador mais próximo e poste a novidade para todos os seus amigos e conhecidos. Mudar a forma de comunicação com as outras pessoas também pode ser salutar.