"Se você sente que está em um buraco negro, não desista", aconselhou a seu público Stephen Hawking, em uma conferência aberta em Estocolmo, em 24 de agosto. "Há um caminho para fora", acrescentou. Dois dias depois, ele revelou a sua nova teoria sobre buracos negros, diante de uma plateia de físicos, no Instituto Real de Tecnologia KTH, na Suécia.

Os buracos negros são estrelas que entraram em colapso sob a própria gravidade, tão densa que atrai tudo o que passa nas proximidades e produz forças gravitacionais que nem mesmo a luz pode escapar. "Nós pensamos que tudo que cai é completamente destruído por essa gravidade enorme", disse a New Scientist.

Paradoxo da informação

"Mas o que você pode não saber, continua o jornal especialista, é que os físicos lutam há quarenta anos sobre o que acontece com as informações desses objetos, uma vez que caem nele (em um buraco preto). A mecânica quântica diz que esta informação não pode ser destruída, mas de acordo com a teoria da relatividade geral, elas o são, necessariamente. É por isso que falamos sobre o paradoxo da informação", afirma Hawking.

O cientista propôs a teoria de que a informação não é destruída por buracos negros, ela é armazenada lá. "Não dentro deles, como se poderia esperar, mas nas suas fronteiras, no horizonte", diz o The Christian Science Monitor, repetindo as palavras do físico. O "horizonte" é uma espécie de esfera em torno do buraco negro, a partir do qual nada pode escapar. Este é o famoso ponto de não retorno contido no filme Interestelar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Educação

Interestelar

Após ver a Terra consumindo boa parte de suas reservas naturais, um grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas habitáveis, possibilitando a continuação da espécie. Cooper (Matthew McConaughey) é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que pode nunca mais ver os filhos. Ao lado de Brand (Anne Hathaway), Jenkins (Marlon Sanders) e Doyle (Wes Bentley), ele seguirá em busca de uma nova casa.

Com o passar dos anos, sua filha Murph (Mackenzie Foy e Jessica Chastain) investirá na própria jornada a fim de também tentar salvar a população do planeta.

Conceitos e temáticas da astrofísica embasam o longa-metragem, tais quais: gravidade artificial, buracos negros giratórios, buraco de minhoca, dilatação gravitacional do tempo, etc.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo