No dia28 de setembro, poderá acontecer um evento astrológico que é considerado muito raro, e segundo um pastor, é o grande sinal do fim dos tempos.

A Lua Cheia de 28 de setembro estará a menos de uma hora da máxima aproximação da Lua com a Terra, portanto, ela parecerá ainda maior no céu noturno. De acordo com a Nasa, agência espacial norte-americana,as Superluas acontecem uma vez por ano, em média. Este ano já tivemos duas, mas esta superlua será a mais próxima da superfície terrestre.

Isso acontece porque a órbita da lua não é um círculo perfeito, então em alguns pontos de sua órbita ela parece estar mais próxima do planeta Terra.

“Quando a lua está em seu ponto mais distante isso é conhecido como apogeu e quando está mais perto é chamado de perigeu”, explica o cientista da NasaNoah Petro.

No perigeu, a lua está cerca de 48 mil quilômetros mais perto da Terra do que no apogeu. Essa proximidade faz com que a lua pareça 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia do apogeu. Por isso, a lua cheia do perigeu ficou conhecida como Superlua.

Um eclipse lunar, transforma esse fenômeno num show ainda melhor. Por mais de uma hora, a sombra da Terra, vai “engolir a lua” conforme o planeta se coloca entre o Sol e a lua.

Eclipses lunares ocorrem pelo menos duas vezes por ano, só no século 21 vão acontecer 228 eventos desse tipo. Civilizações como os Incas e os Mesopotâmicos historicamente viam o eclipse lunar como aleatórios e assustadores, quando, na realidade, são fenômenos previsíveis.

No entanto, a combinação de uma Superlua com um eclipse é mais rara. O último evento desse tipo aconteceu em 1982 e o próximo vai ser somente em 2033. “É raro porque é algo que uma geração inteira pode não ter visto”, diz Petro.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades

O eclipse total vai durar cerca de 1 hora e 12 minutos e será visível nas Américas do Norte e Sul, Europa, África e partes da Ásia e Pacífico.

Se caso esse eclipse lunar acontecer, será o quarto em apenas dois anos, onde a lua ficará toda avermelhada.

Cristãos de vários lugares do mundo afirmam que, com certeza, são sinais de que o fim está mais próximo do que imaginamos.

Este eclipse também é chamado de "Lua de Sangue", que é descrita também em uma passagem da bíblia onde diz que o sol irá se converter em trevas e a lua em sangue.

John Hagee, seria o pastor que está afirmando esta tese, e até mesmo escreveu um livro que fala sobre os quatro eclipses.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo