O número de mulheres que aderem às dietas, hoje em dia, é muito grande. Nas academias, é possível reparar que elas estão realmente interessadas em mudar seus corpos, seja para o verão que se aproxima ou para a vida inteira. A onda fitness também fez com as pessoas lotassem os consultórios de nutricionistas.

Porém, não basta apenas montar uma Dieta com déficit de calorias, sem saber exatamente os pontos importantes para ganho ou perda de peso no corpo feminino.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Curiosidades

As mulheres necessitam de nutrientes específicos, e devem ficar atentas a isso, para alcançar seus objetivos sem prejudicar a saúde.

Hormônios

As mulheres, em geral, ganham mais gordura do que os homens em menos tempo e mais facilmente.

O hormônio estrógeno é o responsável por isso. Já a testosterona, hormônio encontrado em maior quantidade no homem, é responsável pela queima de gordura. O corpo feminino possui os dois hormônios, levando em consideração que a testosterona é mínima quando comparado ao homem.

A dieta feminina deve ser igual à dieta masculina?

Não. A dieta poderá ser esquematizada seguindo a base da dieta masculina, porém, a mulher necessita de micronutrientes diferentes e em quantidades especiais. Veja quais são os principais pontos a se considerar para montar uma dieta feminina completa:

Carboidratos: reduzir os carboidratos é a primeira opção que vem à cabeça, quando pensamos em dietas de perda de peso para mulheres. Porém, evite a empolgação e tenha a certeza de não estar cortando totalmente o carboidrato da rotina.

Os melhores vídeos do dia

Isso acarretará em mudanças drásticas de humor e quedas bruscas de energia corporal. Além das eventuais dores de cabeça e fraqueza.

Lipídios: muitas mulheres morrem de medo das gorduras dos alimentos. Apesar da cultura da alimentação saudável dizer o contrário, devemos sim ingerir gorduras na dieta. Pense que a gordura é uma ajuda extra para a produção de testosterona, o hormônio anabólico. Se você retirar totalmente a gordura, sendo mulher com produção baixa do hormônio, vai praticamente anular suas chances de perder peso.

Cálcio: o mineral amigo dos ossos e músculos. Garanta o cálcio na dieta para evitar as futuras dores de cabeça com osteoporose e deficiência hormonal. As maiores fontes de cálcio são: queijos, leite, manteiga e derivados.

A dieta feminina se diferencia da masculina em muitos aspectos, por causa da diferença hormonal e estrutural (muscular e esquelética). Siga sempre as recomendações do seu nutricionista e pratique exercícios físicos.