H1N1, o assunto mais falado do momento. Por que o vírus da gripe, tão comum em todos os anos, tem assustado cada vez mais os brasileiros? A grande preocupação se dá ao tipo do vírus que vem se alastrando pelo país. O vírus da gripe, chamado de Influenza, possui três tipos: A, B e C. O último, o C, é o responsável pela gripe comum que causa apenas o já conhecido mal-estar, como febre baixa, moleza no corpo, dor de cabeça, enfim. Já os dois primeiros tipos, A e B, são os que causam preocupação, já que são responsáveis pelas epidemias sazonais. O H1N1 é oriundo da Influenza A.

Apesar de causar preocupação, o mais importante - em casos como este, de epidemia - é conhecer a doença em detalhes e saber como se proteger.

Para lhe auxiliar, selecionamos algumas das principais dúvidas dos brasileiros. Acompanhe o artigo e saiba mais.

Tudo sobre H1N1

Quais os principais sintomas da H1N1?

- Os sintomas são bem semelhantes aos da gripe comum, porém, a grande diferença é a intensidade: febre acima de 38º, tosse forte, falta de ar, dor de garganta, calafrios, falta de apetite, vômitos e diarreia são os principais. Na H1N1, o paciente contagiado fica bem mais enfraquecido. Os primeiros sintomas ocorrem cerca de 3 a 5 dias após o contágio.

Como a H1N1 é transmitida?

- O principal meio de contágio da H1N1 são as mãos, mas pode ser transmitida também pela saliva de alguém contaminado, assim como pela tosse e espirros. Quando se fala em objetos contaminados, os que ficam em locais de grande circulação são os que mais se destacam.

Os melhores vídeos do dia

Bons exemplos são as maçanetas dos ônibus e metrôs.

Quem pode ser vacinado no sistema público?

- As campanhas anuais contra os vírus da gripe geralmente acontecem no fim de abril. Porém, com o surto da doença, alguns estados (como São Paulo) anteciparam o início da campanha para o dia 11. Podem vacinar-se gratuitamente crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da área da saúde, indígenas e pacientes com doenças que abaixam a imunidade. Pessoas que se encontram fora desse grupo devem procurar a rede particular, cujo valor da vacina da gripe 2016 varia entre R$ 70 e R$ 110.

Há contraindicação da vacina? Ela deve ser tomada por quem foi vacinado em 2015?

- Mesmo quem tomou a vacina no ano passado deve receber a nova dose em 2016. A vacina da gripe 2016 é contraindicada apenas em dois casos: pessoas que possuam alergia grave a ovo ou que tenham apresentado reação alérgica à vacina em anos anteriores.

Quais os principais métodos de prevenção contra a H1N1?

- As principais recomendações fornecidas pelo Ministério da Saúde são: manter as mãos sempre higienizadas, de preferência com álcool gel; evitar levar as mãos à boca, nariz e olhos; evitar apertos de mão, beijos e abraços com muita proximidade em locais com grande aglomeração de pessoas ou em épocas de grande contágio; manter a imunidade sempre em alta apostando em um alimentação saudável e sono tranquilo.